Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

17 maio 2024

IMPASSE | Audiência pública expressa insatisfação da comunidade gabrielense com o transporte coletivo

Audiência pública teve casa cheia na Câmara de Vereadores, na tarde de quinta-feira, além de muitas cobranças e reclamações pela qualidade do serviço (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Na tarde de quinta-feira (16), ocorreu uma Audiência Pública convocada pelo Poder Legislativo para discutir o transporte coletivo urbano e rural em São Gabriel. O encontro foi conduzido pelo presidente Moisés Marques e motivado pela direção da Unipampa. Além de abordar a falta de transporte público para a universidade, também discutiu a prestação desse serviço em todo o município.

Reitoria da Unipampa esteve presente, assim como os alunos, os mais prejudicados pelas restrições impostas pela concessionária do serviço, que está operando de forma precária desde 2012

Tanto o prefeito Lucas Menezes como a representante da empresa, Samanta Sanfelice, se manifestaram e tiveram alguns embates durante a audiência

Foram debatidos temas como a interrupção da linha da Unipampa, a ausência de linhas de ônibus após as 20h em toda a cidade, a precariedade dos veículos, a irregularidade nos horários, a judicialização que impede a prefeitura de abrir nova licitação e a recente paralisação de linhas em bairros como Bom Fim e Gabrielense.

A representante da empresa, Samanta Sanfelice, destacou que a suspensão das linhas ocorreu devido às condições precárias das ruas e aos altos custos, o que gerou muitas críticas de alunos e integrantes da Unipampa. Eles ressaltaram os prejuízos causados pela falta de transporte, como a ausência de horários noturnos e de finais de semana, necessários para atividades científicas essenciais à formação dos alunos.

A editoria do site Caderno7 destacou os prejuízos financeiros enfrentados pela comunidade devido ao impasse, como o impacto de R$ 16 milhões anuais do retorno da Unipampa ao município, além dos atrasos de trabalhadores e comerciários devido às falhas no transporte coletivo. Em alguns momentos, houveram embates entre a representante da empresa e o prefeito Lucas Menezes, principalmente nas acusações de realização de licitação supostamente fraudulenta, em 2017, na gestão de Rossano Gonçalves.

O público presente, composto majoritariamente por usuários do transporte coletivo, representantes das universidades Unipampa e Urcamp e lideranças comunitárias, fez diversos questionamentos. Muitos vereadores lamentaram a ausência das autoridades mais esperadas, como representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público. Estiveram presentes o Reitor da Universidade Federal do Pampa, Edward Pessano, o presidente da AGESG, Luiz Motta, o prefeito municipal, Lucas Menezes, diversos secretários municipais e a imprensa local.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/05/2024 17h33 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.