Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

14 julho 2023

GARANTIA | Escola Cívico-Militar CAIC continuará funcionando em São Gabriel

Durante agenda na Capital, prefeito Lucas Menezes se reuniu com o coordenador do PECIM, Marcelo Borella, que assegurou a continuidade do programa (foto divulgação)

O Ministério da Educação (MEC) anunciou o fim das escolas cívico-militares, mas a decisão não afetará o funcionamento das escolas conveniadas com o governo do estado, como é o caso da Escola Cívico-Militar Menino Jesus (CAIC), em São Gabriel. A informação é do próprio prefeito Lucas Menezes, após encontro com o coordenador do Programa Estadual de Escolas Cívico-Militares (PECIM), Marcelo Borella.

"A Escola Cívico-Militar CAIC é uma referência de sucesso do modelo para escolas de todo o Estado", ressaltou Borella. "A decisão do MEC não afetará o funcionamento da escola, que continuará oferecendo uma educação de qualidade, com disciplina e valores militares."

A Escola Cívico-Militar CAIC foi inaugurada em 2018 e atende alunos do ensino fundamental e médio. A escola conta com militares da Brigada Militar que atuam como monitores e instrutores. O modelo de escola cívico-militar foi adotado pelo governo do Rio Grande do Sul em 2018, com o objetivo de melhorar a qualidade da educação e promover a disciplina e os valores militares.

A decisão do MEC de encerrar o programa federal de escolas cívico-militares divide opiniões: quem defende, alega que o modelo vem sendo bem-sucedido na cidadania e quem critica, alega que os gastos com estas escolas são maiores e não tem efetivo retorno. Nesta sexta (14), o Governo do Estado informou que irá seguir o cronograma do Governo Federal mas anunciou que continuará com militares estaduais. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 14/07/2023 12h43
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.