Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

30 junho 2023

PRESSÃO | CPERS/Sindicato mobiliza comunidade escolar para evitar municipalização da Escola Estadual Celestino Cavalheiro

CPERS conversou com alunos e professores da Escola Celestino sobre mobilização para evitar o fim da escola (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Na noite de quinta-feira (29), a presidente do CPERS/Sindicato, Helenir Aguiar Schürer, esteve em São Gabriel a pedido do 41º Núcleo para conversar com professores e a direção da Escola Estadual Celestino Lopes Cavalheiro, ameaçada de ser repassada pelo Governo do Estado ao município e cujo processo vem mobilizando a comunidade escolar para que isso não ocorra.

Reunião ocorreu a noite e teve grande presença de alunos, principalmente do EJA

Presidente do CPERS, Helenir Schürer, afirmou que está junto com a Escola para evitar sua municipalização, o que traria várias perdas para a comunidade

Dirigentes salientaram o apoio a mobilização e pedem que gabrielenses apoiem o educandário

A dirigente, junto com a diretora Juçara Borges, conversou com a diretora da escola, Giane Monteiro, sobre a situação que é preocupante para todos, o que além de extinguir a escola, também acabaria com mais uma turma de EJA. O educandário também detém os melhores índices de IDEB no município. A possível municipalização traria, segundo o CPERS, várias perdas para a comunidade, tanto em questão educacional quanto econômica. 

O presidente do Núcleo, professor Pedro Moacir Moreira, salienta que o CPERS está atento e irá cobrar para que a Prefeitura possa interceder junto à Secretaria Estadual de Educação para que mantenha a escola estadual. "Vemos com muita preocupação essa possibilidade e estamos aqui para lutar que a escola continue no Estado", frisou.

A presidente do CPERS, que estava em roteiro na região, salientou que colocará a entidade a disposição para impedir essa municipalização ou o que o Estado pretenda. "Queremos que a comunidade escolar se mobilize contra o que ocorrer, que o Celestino continue estadual e público", finalizou. A escola tem 85 anos de atividades no município e detém um dos melhores índices de IDEB.

A direção da Escola deverá ter uma audiência com o prefeito Lucas Menezes nesta sexta-feira (30) a respeito. A Prefeitura, por meio da Diretoria de Comunicação Social, informou que não existe nada concreto no momento a respeito de municipalização, mas que o Estado estaria tentando isso e por sua vez, a Secretaria Estadual de Educação também informa não ter nada concreto. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/06/2023 09h08
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.