Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

13 março 2023

Oscar 2023 | "Tudo em todo lugar ao mesmo tempo" é o grande vencedor

Filme "Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo" foi o grande vencedor, com sete estatuetas (na foto, Ke Huy Quan, Michelle Yeoh e Jamie Lee Curtis, que estão no filme e foram premiados); Brendan Fraser (c) confirmou o favoritismo e a volta por cima com "A Baleia" (foto Rodin Eckenroth/Getty Images)



A Academia de Cinema de Hollywood realizou na noite de domingo (12) a cerimônia de entrega do Oscar, que completa 95 anos, no Dolby Theatre, em Los Angeles. O filme "Tudo em todo lugar ao mesmo tempo", que teve onze indicações, foi o grande vencedor com sete estatuetas, entre eles, Michelle Yeoh foi a primeira asiática a receber o Oscar de melhor atriz.

O filme dirigido por Daniel Kwan e Daniel Scheinert, conhecidos também como "Os Daniels", trata em torno de uma imigrante sino-americana, interpretada por Yeoh, que ao ser auditada pela a receita federal, descobre que deve se conectar com versões do universo paralelo de si mesma para evitar que um ser poderoso destrua o multiverso, muito elogiado pela crítica e também definido como "redemoinho de anarquia do gênero". 

O filme superou "Elvis", "Os Banshees de Inisherin", "Os Fabelmans" (estes sem estatueta alguma) e "Nada de Novo no Front", este último ficando com quatro estatuetas - melhor filme internacional, som, trilha sonora e fotografia. Ela salientou que nunca é tarde para realizar seus sonhos e dedicou seu prêmio a todas as mães do mundo. "Elas são as verdadeiras super-heroínas e sem elas, ninguém estaria aqui hoje", finalizou.

Outro destaque da noite foi o ator Brendan Fraser, que ressurgiu após um período difícil da carreira e vida pessoal, superando a depressão, que venceu como melhor ator por "A Baleia", de Darren Arfonosky, onde retrata a peça teatral em que ele vive um professor que, após a morte do companheiro, acaba adquirindo obesidade mórbida e sentindo que está perto do fim de sua vida, quer se reconciliar com a filha. "Obrigado à Academia e à A24 por fazer um filme tão ousado. Eu agradeço ao nosso diretor Darren Aronofsky por jogar uma isca e me içar de volta para Hollywood", declarou Fraser.

Um fato de grande relevância nesta edição do Oscar também foi a vitória de Ruth E. Carter, que conquistou a categoria de melhor figurino por Pantera Negra: Wakanda Para Sempre. Esta consagração trouxe um marco histórico agregado: ela se tornou a primeira mulher negra a ganhar duas estatuetas — uma neste ano e outra em 2019, na mesma categoria, pelo primeiro longa solo do herói da Marvel.

Em Oscar de Melhor Filme Internacional (anteriormente conhecido como melhor filme estrangeiro), o vencedor foi "Nada de Novo no Front", da Alemanha, que superou "Argentina, 1985", que tinha a torcida de muitos da América Latina por trazer os horrores cometidos durante a ditadura militar, entre 1976 e 1983, onde versa sobre o julgamento dos comandantes das Forças Armadas da Argentina. 

Confira a lista de vencedores do Oscar:

Melhor filme
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
Os Banshees de Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo | Vencedor
Os Fabelmans
Tár
Top Gun: Maverick
Triângulo da Tristeza
Entre Mulheres

Melhor atriz
Cate Blanchett (Tár)
Ana de Armas (Blonde)
Andres Riseborough (To Leslie)
Michelle Williams (Os Fabelmans)
Michelle Yeoh (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) | Vencedora

Melhor ator
Colin Farrell (Os Banshees de Inisherin)
Austin Butler (Elvis)
Brendan Fraser (A Baleia) | Vencedor
Bill Nighy (Living)
Paul Mescal (Aftersun)

Melhor direção
Martin McDonagh (Os Banshees de Inisherin)
Daniel Kwan e Daniel Scheinert (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) | Vencedor
Steven Spielberg (Os Fabelmans)
Todd Field (Tár)
Ruben Östlund (Triângulo da Tristeza)

Melhor atriz coadjuvante
Angela Basset (Pantera Negra: Wakanda para Sempre)
Hong Chau (A Baleia)
Kerry Condon (Os Banshees de Inisherin)
Stephanie Hsu (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)
Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) | Vencedora

Melhor ator coadjuvante
Brendan Gleeson (Os Banshees de Inisherin)
Brian Tyree Henry (Passagem)
Judd Hirsch (Os Fabelmans)
Barry Keoghan (Os Banshees de Inisherin)
Ke Huy Quan (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) | Vencedor

Melhor roteiro original
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo | Vencedor
Os Fabelmans
Tár
Triângulo da Tristeza

Melhor roteiro adaptado
Nada de Novo no Front
Glass Onion: Um Mistério Knives Out
Living
Top Gun: Maverick
Entre Mulheres | Vencedor

Melhor edição
Os Banshees de Inisherin
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo | Vencedor
Tár
Top Gun: Maverick

Melhor fotografia
Nada de Novo no Front | Vencedor
Bardo, Falsa Crônica de Algumas Verdades
Elvis
Império da Luz
Tár

Melhor trilha sonora
Nada de Novo no Front | Vencedor
Babilônia
Os Banshees de Inisherin
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Os Fabelmans

Melhor canção original
Applause (Tell It Like a Woman)
Hold My Hand (Top Gun: Maverick)
Lift Me Up (Pantera Negra: Wakanda para Sempre)
Naatu Naatu (RRR) | Vencedor
This is a Life (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo)

Melhor som
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água
Batman
Elvis
Top Gun: Maverick | Vencedor

Melhor documentário
All That Breathes
All the Beauty and the Bloodshed
Vulcões: A Tragédia de Katia e Maurice Krafft
A House Made of Splinters
Navalny | Vencedor

Melhor documentário em curta-metragem
The Elephant Whisperers | Vencedor
Haulout
How do You Measure a Year?
The Martha Mitchell Effect
Stranger at the Gate

Melhor filme internacional
Nada de Novo no Front | Vencedor
Argentina, 1985
Close
Eo
The Quiet Girl

Melhor animação
Pinóquio por Guillermo del Toro | Vencedor
Gato de Botas 2: O Último Pedido
Marcel the Shell With Shoes On
A Fera do Mar
Red: Crescer é uma Fera

Melhor curta live action
An Irish Goodbye | Vencedor
Ivalu
Le Pupille
Night Ride
The Red Suitcase

Melhor curta de animação
The Boy, the Mole, the Fox, and the Horse | Vencedor
The Flying Sailor
Ice Merchants
My Year of Dicks
An Ostrich Told Me the World is Fake, and I Think I Believe It

Melhor figurino
Babilônia
Pantera Negra: Wakanda para Sempre | Vencedor
Elvis
Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo
Sra. Harris Vai a Paris
 
Melhor cabelo e maquiagem
Nada de Novo no Front
Batman
Pantera Negra: Wakanda para Sempre
Elvis
A Baleia | Vencedor

Melhores efeitos visuais
Nada de Novo no Front
Avatar: O Caminho da Água | Vencedor
Batman
Pantera Negra: Wakanda para Sempre
Top Gun: Maverick

Melhor design de produção
Nada de Novo no Front | Vencedor
Avatar: O Caminho da Água
Babilônia
Elvis
Os Fabelmans

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações de GZH 
Data: 13/03/2023 10h01
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.