Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

24 fevereiro 2023

VOCÊ SABIA? | Rocha Negra "A educadora"



O desejo que seus princípios fossem reconhecidos de forma prática, fez com que os membros desta instituição sempre estivessem com suas mentes voltadas à liberdade. Nada dignifica mais o homem a liberdade individual e de consciência com uma base de muito conhecimento e estudo. Então desde muito cedo dentro da Maçonaria o estímulo à educação se mostrou muito presente, tanto que os primeiros passos no intuito de colaborar com ensino dentro da nossa comunidade nos leva ao ano de 1907 mês de julho, quando os irmãos da Rocha Negra juntaram vultosa soma em dinheiro para dar início a chamada “escola noturna”, a qual veio se concretizar em 7 de setembro do mesmo ano como “Curso Noturno Rocha Negra”, administrado por uma comissão presidida pelo Ex-Venerável Mestre Bráulio Fernandes Pessoa, que atenderia adultos desvalidos.

Em 23 de agosto de 1918, o curso noturno se transformou em “Escola Rocha Negra” a qual funcionava nas dependências da Loja, atendendo a dezenas de jovens, trabalho que perdurou até o ano de 1924, quando teve suas atividades encerradas provisoriamente por falta de alunos. No ano de 1927, se tem registros de funcionamento da escola denominada José Bonifácio, a qual assistia 37 alunos, que fora fundada pelos Irmãos VM,OR, e Secretário daquele ano. Posteriormente, já em 1945, tem início o auxílio à Aula do Pobre, construção do Reverendo Sírio Joel Moraes. Neste mesmo ano foi organizado um Curso Ginasial, e em conjunto aulas de alfabetização de adultos com participação do então Venerável Mestre Dr. José Sampaio Marques Luz.

Em 15 de novembro de 1948, o Irmão Longuinho Marques da Costa inaugurou o Curso Ginasial 15 de Novembro, assumindo sua diretoria, tendo como grande incentivador e colaborador o Dr. José Sampaio Marques Luz. Desde sua fundação até o ano de 1950, o Ginásio Noturno XV de Novembro funcionou no Grupo Escolar Dr. Fernando Abbott, do ano de 1951 a 1959, no Grupo Escolar Menna Barreto e a partir de 1960 no Edifício Alcides Maia.

Venerável Mestre da Rocha Negra Nº1, Rony Marcon destaca o papel da instituição na educação em São Gabriel (foto divulgação)

Inicialmente, nossa Escola foi denominada “Curso Ginasial XV de Novembro”. Quando de sua municipalização, ocorrida em 1952 no governo do Dr. José Sampaio Marques Luz, quando a denominação passou a ser “Ginásio Municipal XV de Novembro". A partir de agosto de 1962, com a criação do Curso Científico, denomina-se “Colégio Estadual XV de Novembro”. Um dos irmãos que mais se destacou dentro do incentivo ao ensino e a educação foi o Irmão José Sampaio Marques Luz, que ainda como Prefeito no ano de 1951 criou a Biblioteca Pública Municipal. Neste período, por decreto como Prefeito, criou a Escola Técnica do Comércio em 1952, a qual se dedica a proporcionar ensino médio de nível técnico profissionalizante, funcionando no prédio da Escola Ginásio São Gabriel, no turno noturno, formando profissionais a décadas.

Como reconhecimento de sua atuação na área da educação, a Escola Estadual do Bairro Cidade Nova em São Gabriel, leva o seu nome, Escola Estadual de Ensino Médio José Sampaio Marques Luz. Mas dentro de nossa instituição sempre tivemos Irmãos que se dedicaram de formas mais variadas à educação e ao ensino.

Exemplos mais recentes podemos citar os Irmãos Pery da Cunha Gonçalves, homenageado nomeando a Escola Estadual de Ensino Fundamental Pery da Cunha Gonçalves, Irmãos Hélio Machado e Arthur Francisco Souza atuando como professores e diretores do Ginásio XV de Novembro, na Escola Estadual de Ensino Médio João Pedro Nunes tivemos o Irmão Adair Macedo Rodrigues como professor e diretor. Como professores os Irmãos Luiz Gonzaga Campos Garcia, Bento Gonçalves Marque Rocha, Luis Francisco Rosa Meneghello, Carrion Gonçalves, Wilson Pereira na Escola Técnica de Comércio, Irmão Plauto Evangelho Ruchiga, professor universitário e Vice Diretor da Escola Estadual de Ensino Médio João Pedro Nunes Ainda, no nível universitário os Irmãos Plutarco Nucci Bittencourt, Plauto Evangelho Ruchiga, Hamilton Piazer Jardim, Adair Macedo Rodrigues como coordenador do curso de matemática e o Irmão Cacildo José Carrion Gonzalez como coordenador do curso de economia.

​Na área de desenvolvimento humano, tecnologia e empreendedorismo iniciados na infância, categoria ainda pouco difundida em nível global os irmãos Rony Marcon e Jairo Oliveira, atuam há 24 anos com suas empresas, reservando entre 10% e 20% de todas as suas vagas à projetos sociais, chegando a dezenas de milhares de crianças e adolescentes com idade entre 7 e 16 anos, atendidos gratuitamente neste período. Como podemos perceber, estivemos sempre presentes na formação educacional de nossa comunidade, às vezes propagando ideias e ideais, outras vezes atuando diretamente no objetivo de tornar livre e feliz a humanidade.
 
“Sendo verdade inconcussa que a emancipação do elemento servil e a educação popular são hoje as duas grandes ideias que agitam o espírito público e de que depende essencialmente o futuro da Nação, a MAÇONARIA BRASILEIRA declara-se solenemente obrigada a manter e propagar esses dois princípios”
(Art.1° do Projeto de Lei do Maçom Rui Barbosa de 04.04.1870)
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.