Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

23 fevereiro 2023

Problemas | Escola Infantil Nossa Senhora Menina passa por dificuldades variadas no começo do ano letivo

Escola Nossa Senhora Menina teve novamente fiações da rede elétrica furtadas na última sexta; e mães relatam que filhos não teriam tido aula porque salas ainda não foram disponibilizadas. Tanto direção da escola quanto a Secretaria de Educação afirmaram que estão buscando a solução dos problemas (fotos Marcelo Ribeiro/arquivo C7)

A Escola Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora Menina vem passando por várias atribulações neste começo de ano letivo. O educandário foi novamente alvo de ladrões que levaram mais uma vez, as fiações elétricas e além disso, mães se queixaram de que seus filhos ainda não podem ter aulas devido ao novo prédio não ter móveis. Tanto a diretora do educandário, Nadine Igisck quanto a Secretaria de Educação informaram que estão buscando a rápida resolução. 

ANO LETIVO NÃO INICIOU POR ATRASO DE MÓVEIS
A reportagem foi procurada por uma das mães de crianças, Maria Luiza Garcez, que relatou que parte delas não pode iniciar o ano letivo porque o mobiliário do novo prédio ainda não chegou. "Nem todo mundo tem condições de pagar uma babá, por exemplo e muitas mães trabalham, mas estamos apreensivos por esta situação", afirmou. A situação foi relatada por um grupo de mães para a vereadora Malu Bragança (Patriota) que falou da questão na sessão de quinta, 23 de fevereiro. 

"Fomos procurados pelas mães e estivemos no local, onde fomos bem atendidos pela diretora e verificamos a situação, que o prédio anexo foi inaugurado, mas ainda não tem a mobília e nem ar condicionado. Já encaminhamos ofício para a Secretaria de Educação, pedindo cópia da Requisição e do Empenho dos móveis, bem como da justificativa para atraso da entrega pelo fornecedor e também fizemos apelo para que a equipe operacional da Secretaria faça rapidamente a nova reposição dos fios, mais uma vez roubados", afirmou. 

A vereadora ainda destacou que a equipe diretiva recebeu os alunos mesmo com estes pesares. "Parabenizo a Direção e os funcionários, que receberam os alunos que não têm onde ficar para seus pais trabalharem e estão fazendo tudo o que está ao seu alcance. Esses merecem o nosso reconhecimento", concluiu. O problema do atraso dos móveis seria por parte da fornecedora. 

Fomos ouvir a diretora Nadine sobre estes casos, onde ela pediu agilidade por parte da Secretaria para providenciar os móveis que estão com atraso na entrega, mas como ela ainda está assumindo a função, solicitou que buscássemos informações com a Secretaria de Educação. Sobre o novo furto de cabos, Nadine informou que solicitou imagens das câmeras de monitoramento próximo e também para que o setor operacional da secretaria faça novamente os reparos. "A ousadia desta vez foi tão grande que eles tentaram arrancar placas de concreto que foram colocadas ali e não conseguiram, mas pedimos para a comunidade que possa denunciar quem faz isso", lamentou. 

Procurada pela reportagem, a Secretária Déia de Souza informou que apenas as salas foram entregues e que o mobiliário foi feito o empenho, mas que a empresa já foi cobrada, porém, sem um prazo concreto. "Teremos o prazo de entrega definido até sexta-feira", afirmou no momento, juntamente com o Diretor Administrativo da Secretaria, Juliano Ferreira. 

A coordenadora das Escolas Infantis, Chaiane Soares, informou também que houve um contratempo por parte da empresa responsável pelos móveis. "Vamos acomodar todos que são alunos, mas ressaltamos que, quando da inscrição dos alunos novos, informamos que poderia haver um atraso, por conta da questão dos estoques de mobiliário", finalizou.

FURTO DE CABOS MAIS UMA VEZ
Após um primeiro reparo feito na quinta-feira (16), quando ladrões levaram os cabos de energia elétrica da Escola, o educandário teve novamente a fiação levada por criminosos. O fato aconteceu na madrugada de sexta, 17 de fevereiro e agora, a Secretaria de Educação solicitou as imagens das câmeras de monitoramento das proximidades. A pasta também informou que estará providenciando novo reparo a qualquer momento.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 23/02/2023 17h48 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.