XII Baile do Chopp - Santa Margarida do Sul - CLIQUE AQUI

Agora em São Gabriel, Monson! Acesse nosso site e confira as ofertas

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Vestibular Urcamp - mais de 20 cursos para seu conhecimento

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Verão Peruzzo - Baixe o app Compre Peruzzo e comece a fazer suas compras online!

Panvel Farmácias - Compre e receba em casa

Danilo Pires - Assistência Técnica em novo endereço!

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

IPTU 2023 - Prefeitura de São Gabriel

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Vestibular Urcamp - mais de 20 cursos para seu conhecimento

Verão Peruzzo - Baixe o app Compre Peruzzo e comece a fazer suas compras online!

Inscrições abertas para o Fundo Social 2023 Sicredi Essência

Drª Ana Paula Ross Cirurgiã-dentista - você pode confiar!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

Mototáxi Confiança - Já pediu sua tele hoje? Nos chama!

Susana Gomes Terapeuta Corporal e Massoterapia - em novo endereço

Use Odontologia São Gabriel - Saúde bucal para você e sua família

11 janeiro 2023

Unipampa celebra 15 anos entregando título de Doutor Honoris Causa a Oliveira Silveira

Título de Doutor Honoris Causa in memoriam para Oliveira Silveira foi entregue pelo Reitor Roberlaine Jorge à Naiara Silveira, filha do homenageado; proposição foi do Neabi do Campus São Gabriel (foto Franciele Couto/ACS Unipampa)

Para celebrar o aniversário dos 15 anos da lei de sua criação, a Universidade Federal do Pampa (Unipampa) realizou nesta quarta, 11 de janeiro, a entrega do título de Doutor Honoris Causa in memoriam ao intelectual, poeta rosariense e ativista do povo negro Oliveira Ferreira da Silveira. A proposição do título foi iniciativa do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi) do Campus São Gabriel, com apoio do Neabi Oliveira Silveira do Campus Bagé e aprovada em novembro de 2021. A solenidade aconteceu no Campus Central, em Bagé.

A cerimônia concluiu o processo de concessão do título a um dos símbolos da resistência e memória do Povo Negro e intelectual responsável pela idealização do dia 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra. O evento contou com a presença da biógrafa de Oliveira Silveira e professora da Unipampa, Sátira Pereira Machado, da filha do poeta da consciência negra, Naiara Rodrigues Silveira Lacerda, além do reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, comunidade universitária, sociedade civil e imprensa.

Solenidade contou com presença de ex-reitores e vários convidados no Campus Bagé (fotos Diogo Spencer/especial C7)

Protesto pacífico de estudantes chamou a atenção para melhores condições em políticas públicas para o desenvolvimento do Ensino Superior, no começo da solenidade

Professor Carlos Alberto Xavier, do Neabi São Gabriel, detalhou o processo de concessão do título e o trabalho do autor para o movimento negro no País 

Antes da solenidade, estudantes da Unipampa realizaram uma manifestação pacífica reivindicando melhores condições em políticas públicas para o Ensino Superior. O reitor da Unipampa, Roberlaine Ribeiro Jorge, manifestou-se em nome de toda a comunidade universitária sobre a concessão do título. Ele ressaltou a importância da homenagem em termos de representatividade para a Universidade e sociedade brasileira. “Estamos humildemente reconhecendo uma grande pessoa da sociedade”, frisou o reitor.

Durante a cerimônia, Sátira Machado fez a interpretação de poesias de Oliveira Silveira. A professora enalteceu a importância das pesquisas sobre a vida e obra do poeta afro-gaúcho. “Como a Unipampa, na metade sul do Rio Grande do Sul, (Oliveira Silveira) orgulhava-se de suas raízes e contribuiu com soluções inovadoras para problemas globais”, destacou a biógrafa do autor. 

Representante do Neabi do Campus São Gabriel, Carlos Alberto Xavier Garcia, detalhou o surgimento do projeto de concessão do título a Oliveira Silveira, com o objetivo de destacar o trabalho do autor para o movimento negro no país. “Seus versos são incisivos e apresentam temas, linguagens e pontos de vista marcados pelo pertencimento étnico e pelo propósito de construir um texto afro-brasileiro gaúcho”, afirmou Garcia.

A filha do poeta, Naiara Silveira, agradeceu a todos/as os/as pela homenagem e fez um relato da sua ligação com o pai. “Através de sua história, ele me transmitiu sua maior lição e me deixou sua maior herança, que é seu legado”. Segundo ela, o título é um reconhecimento da luta e protagonismo de Oliveira Silveira.

Além do reitor Roberlaine Jorge, estiveram ainda presentes os ex-reitores Maria Beatriz Luce, Marco Antônio Hansen, Ulrika Arns e o diretor do Campus Bagé, Alessandro Carvalho Bica. O Campus de São Gabriel se fez representado também na ocasião. 

Sobre Oliveira Silveira
Oliveira Fereira da Silveira foi um poeta negro brasileiro, nascido em 1941 na área rural de Rosário do Sul, no Rio Grande do Sul. Filho de Felisberto Martins Silveira e de Anair Ferreira da Silveira. Graduado em Letras – Português e Francês com as respectivas Literaturas – pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Oliveira Silveira atuou também como docente de português e literatura e ativista do Movimento Negro. Ele foi o responsável por estudar a data e sugerir a evocação do dia 20 de Novembro, implantada no Brasil pelo Grupo Palmares a contar de 1971, tornando-se Dia Nacional da Consciência Negra em 1978.

Como escritor, publicou até 2005 dez títulos individuais de poesia, entre eles “Pêlo escuro” e “Roteiro dos tantãs”. O autor também fez parte de diversas antologias, coletâneas, artigos e obras coletivas. Entre algumas distinções recebidas por Oliveira Silveira estão a menção honrosa da União Brasileira de Escritores, do Rio de Janeiro, pelo livro “Banzo Saudade Negra” e o Troféu Zumbi, concedido pela Associação Satélite-Prontidão, da comunidade negra de Porto Alegre.

Oliveira Silveira também atuou nos grupos Razão Negra, Tição, Semba Arte Negra, Associação Negra de Cultura e como integrante da Comissão Gaúcha de Folclore. Além disso, foi conselheiro da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir), no período de 2004 a 2008. Faleceu aos 67 anos, em decorrência de câncer, em 1 de janeiro de 2009, na cidade de Porto Alegre.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da Unipampa 
Data: 11/01/2023 16h59 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.