Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

20 outubro 2022

Rosário do Sul | Adolescentes são agredidos ao tentar recuperar bola em imóvel

(foto ilustrativa)

Um caso de agressão repercutiu nas redes sociais nesta semana em Rosário do Sul, envolvendo um personagem já envolvido em caso policial anterior. Um adolescente de 14 anos e duas jovens de 12 e 14 anos foram agredidas por dois homens de 31 e 42 anos e uma mulher de 29 anos em um imóvel na Rua Júlio de Castilhos, Bairro Primavera. Um dos agressores esteve envolvido em um caso de transfobia e agressão contra uma jovem transgênero em abril de 2021.

Segundo informações obtidas junto à Polícia Civil, os jovens foram recuperar uma bola que tinha caído no terreno de um dos agressores, no Bairro Primavera, quando os agressores surgiram e espancaram os jovens. Relatos da mãe do menino ferido nas redes sociais dão conta que ele foi o mais agredido pelos três e que as meninas teriam sido arrastadas e apredejadas. O delegado Giovani Lovato informou que um inquérito foi aberto para apurar as responsabilizações e dar andamento à denúncia. 

A reportagem apurou com a Polícia que um dos envolvidos na agressão é proprietário de uma oficina mecânica na Avenida Coronel Sabino de Araújo e já tinha sido responsável por outro caso de agressão: está sendo processado por conta de uma agressão cometida contra um jovem transgênro que tinha 21 anos na época, sua namorada de 15 anos e o irmão de 13 ocorrida em abril de 2021, por terem pegado nozes que estavam no solo em frente à oficina mecânica do suspeito. 

Este caso está no Judiciário e preliminarmente, o crime de transfobia foi descartado pela promotora Marina Casanova, que não viu elementos suficientes para pedir a condenação do acusado, sendo que deverá ser pedida uma transação penal. Uma audiência em 4 de novembro deverá ser realizada para efetivar o acordo. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 20/10/2022 18h42 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.