Segundo turno do governo gaúcho tem disputa final entre Eduardo Leite e Onyx Lorenzoni (fotos divulgação)

Neste domingo (30), os gaúchos vão eleger seu governador no segundo turno eleitoral, entre os 12 estados que terão esta definição do futuro governador, entre Onyx Lorenzoni (PL), que obteve 2.382.026 milhões de votos (37,50%), e Eduardo Leite (PSDB), que alcançou 26,81% ao receber 1.702.815 milhões de votos, no primeiro turno.

Confira os candidatos, em ordem alfabética:

Eduardo Leite (PSDB – 45) tem 37 anos e é ex-governador do Rio Grande do Sul. Foi vereador e prefeito de Pelotas (RS) e foi eleito governador do Estado em 2018. É candidato pela coligação Um só Rio Grande (Federação PSDB Cidadania/MDB/PSD/Pode/União). Seu vice é o veterinário e deputado estadual Gabriel Souza (MDB).

Onyx Lorenzoni (PL – 22), de 68 anos, é veterinário. Atualmente, é deputado federal pelo Rio Grande do Sul. Exerceu os cargos de ministro da Casa Civil da Presidência da República, da Cidadania, da Secretaria-Geral da Presidência, e do Trabalho e Previdência Social. Concorre pela coligação Para Defender e Transformar o Rio Grande (Republicanos/Patriota/Pros/PL). Sua vice é a professora de ensino médio Cláudia Jardim (PL).

No primeiro turno, na região do site Caderno7, Onyx Lorenzoni venceu em São Gabriel e Santa Margarida do Sul, obtendo respectivamente 36,65% e 32,53%. Eduardo Leite ficou em terceiro lugar, com 27,94% e 24,80%, respectivamente, atrás de Edegar Pretto (PT) que obteve 29,94% e 31,79%. Onyx venceu só nestes municípios, pois no entorno, o vitorioso foi Edegar Pretto. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/10/2022 12h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.