Após dois anos de hiato por causa da pandemia, desfile tradicional e temático dos Festejos Farroupilhas foi retomado em São Gabriel nesta terça, 20 de setembro (foto Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Após seis dias de atividades no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas, em São Gabriel, chegaram ao fim os Festejos Farroupilhas da retomada após dois anos de hiato pela pandemia de covid-19. O desfile tradicional à cavalo e temático foi realizado na tarde desta terça-feira (20), pelas ruas da cidade e com seu ápice na Praça Fernando Abbott, onde os cavalarianos fizeram o entorno. 

O desfile foi aberto pelo Colégio Tiradentes da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e logo após pela Coordenadoria Tradicionalista Municipal (CTM) e o prefeito Lucas Menezes, como de costume. Neste ano, as 18 entidades que confirmaram presença no desfile tiveram a ordem de passagem definida por sorteio, sendo que o GTC Sepé Tiaraju foi o primeiro, seguido pelo último campeão da Reculuta Municipal com pontos, o CTG Sentinela do Forte e os demais, na ordem aleatória.

Em um dos momentos, o PTG Herança dos Carreteiros prestou uma homenagem ao jovem Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos, morto em 12 de agosto após abordagem policial. O desfile encerrou por volta das 17h15, com a passagem do CTG Passo do Ivo, o último a passar e logo após, por volta das 17h45, a extinção da Chama Crioula no Candeeiro Farroupilha que estava instalado no Espaço Cívico Mascarenhas de Morais. Os Festejos foram realizados em sete dias, em um formato que foi aprovado pela comunidade gabrielense.

Confira as fotos do desfile em quatro partes e quem quiser encomendar fotos, pode entrar em contato conosco pelo fone/Whats (55) 996045197. A transmissão do desfile está na íntegra, em três partes, no Facebook do site (facebook.com/caderno7). 





Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 20/09/2022 22h25
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.