Caso foi julgado no Fórum local e homem responsável por estupro da própria filha foi condenado a 29 anos e 9 meses de prisão (foto arquivo C7)

Um homem de 34 anos foi condenado recentemente pela Justiça de São Gabriel a 29 anos e 9 meses de prisão pelo crime de estupro contra a própria filha de 13 anos. O caso aconteceu entre 2018 e 2020, onde a mãe da adolescente denunciou o esposo pelo crime. A decisão da Justiça negou liberdade ao réu e confirmou a pena por estupro de vulnerável. 

Ele foi preso em fevereiro deste ano, após investigações de denúncias da mãe em que o homem vinha violentando a menor desde os 11 anos. A menor relatou à mãe que sofria os abusos e era ameaçada pelo pai se viesse a contá-los. Na época, ele alegou que a filha tinha sido repreendida porque estaria trocando conteúdo erótico com outros meninos. 

Em relato à reportagem do site em janeiro deste ano, a mulher denunciou no final do ano passado, quando a filha relatou as agressões que teria sofrido do pai, onde relatava que antes de sair para trabalhar, passava no quarto dela e abusava da jovem, disse. "Registrei em 27 de novembro e desde 2018 isso acontecia, mas ela tinha medo de denunciar. Eu quero justiça", afirmou ela.

A mãe da menina ainda informou na ocasião que o marido tinha fotos da filha nua em seu celular e que encaminharia nudes para a jovem. "Quero providências, que a Justiça possa tomar atitudes para nos deixar mais seguras", justificou o pedido à imprensa na época. O homem foi preso em fevereiro na casa de familiares, após pedido da Justiça e agora, condenado à prisão. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/10/2021 17h37
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.