Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

08 setembro 2021

Caminhoneiros iniciam bloqueios nas rodovias federais

Caminhoneiros realizam bloqueios também em São Gabriel (reprodução UP TV)

Caminhoneiros começaram a realizar bloqueios nas rodovias federais, a partir desta quarta-feira (8). A ideia do movimento - em que muitos apoiam o presidente Jair Bolsonaro e querem a destituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) - é paralisar por 72 horas, mas há informações do Ministério da Infraestrutura de que os bloqueios possam ser desfeitos até a meia-noite de quinta (9). Em São Gabriel, a paralisação dos caminhoneiros está concentrada no trevo do Posto Gauchão.

Em São Gabriel, os bloqueios começaram às 14h no trevo próximo à antiga Urcamp. Estão sendo apenas autorizados a passar veículos leves e caminhões que tenham perecíveis e itens de saúde, a princípio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os bloqueios estão ocorrendo na região em Rosário do Sul, Bagé, São Gabriel e Santa Maria e as consequências já ocorrem, com motoristas indo aos postos para abastecer os carros e formando filas como ocorreu em 2018, na greve dos caminhoneiros.

Entidades do setor não apoiam as pautas do movimento, que seriam isoladas e tem por objetivo apoiar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que vem elevando o tom contra o STF. Os caminhoneiros dizem que estarão paralisados até o Congresso aceitar suas pautas, que seriam a destituição dos ministros do Supremo. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 08/09/2021 17h56 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.