Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Inverno Peruzzo - Desfrute com todos os sentidos

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

31 janeiro 2021

Mulher é vítima de feminicídio no Bairro Pascotin, em São Gabriel

Mirian Gelsdorf, 46 anos, foi encontrada morta em sua residência na noite de sábado, no Bairro Pascotin; ex-companheiro é principal suspeito do crime e está foragido (foto arquivo pessoal)

Mais um caso de feminicídio ocorreu em São Gabriel. O crime foi na noite de sábado (30), no Bairro Pascotin, Zona Oeste da cidade. Mirian Gelsdorf, 46 anos, foi encontrada morta por um dos filhos no interior de sua residência e o companheiro, que está foragido, é o principal suspeito de sua morte. O crime aconteceu na rua Rafael Pascotin. 

A vítima foi encontrada sem vida por um dos filhos. Conforme informações preliminares, teria ocorrido um desentendimento entre a vítima e o ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento. Segundo informado pela Brigada Militar neste domingo, a casa da vítima estava desorganizada com vários objetos quebrados e manchas de sangue no piso. 

O corpo dela foi encontrado com ferimentos e uma corda no pescoço. O principal suspeito do crime fugiu e não foi encontrado. A Brigada realizou buscas na região e ainda está em busca dele. Nas redes sociais, amigos e familiares emitiram mensagens de pesar e pediram justiça, além de questionar a eficácia de medidas protetivas, que mesmo com a Justiça determinando, por vezes, não consegue proteger efetivamente mulheres vítimas de violência. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 31/01/2021 10h47
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.