15 janeiro 2021

Motociclista vítima de colisão tem alta da Santa Casa

Após mais de mês internado, Márcio Bartz teve alta para ir para casa, onde prosseguirá tratamento e recuperação de acidente causado por motorista que cortou sua frente na madrugada de 10 de dezembro

O motociclista Márcio André Bartz, 41 anos, conhecido como Alemão, teve alta hospitalar nesta sexta-feira (15), da Santa Casa de Caridade. Márcio foi atingido por um veículo Golf que cortou sua preferencial no cruzamento da Sebastião Menna Barreto com a Avenida Francisco Chagas e sofreu traumatismo craniano, ficando dias em risco de morte, em 10 de dezembro. 

Colegas e amigos se mobilizaram para receber Márcio e também protestar por paz no trânsito

Amigos, familiares e colegas de trabalho fizeram uma recepção para Márcio na saída do Centro Clínico da Santa Casa. Devido ao acidente, ele ainda está sem se locomover e falar, devendo seguir a recuperação em casa (home care) para minimizar as sequelas. Mototaxistas e motociclistas seguiram a ambulância que transportou o colega até sua residência, com balões brancos pedindo paz no trânsito. 



Após a saída dele do hospital, colegas seguiram em passeata com motos até sua casa. Eles querem também justiça no caso

Eles também cobram justiça e providências no caso, principalmente a responsabilização do causador do acidente. O fato aconteceu por volta da 1h20 de 10 de dezembro, quando o profissional, em trabalho, teve a frente cortada quando se deslocava pela Francisco Chagas, vindo a cair violentamente ao solo e perdendo seu capacete. O motorista fugiu na hora e se apresentou dias depois com seu advogado na Delegacia de Polícia. 

Confira o momento da saída de Márcio do hospital (mais vídeos, estão na seção "Vídeos" de nossa página no Facebook):


Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 15/01/2021 16h38
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.