Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine 200 mega por 99,00 e leve mais 30 mega por 1 pila! CLIQUE AQUI

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

O Sicredi Essência faz mais por você!

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

14 dezembro 2020

Nas redes sociais, moradores pedem sinaleira em cruzamento considerado perigoso

Por pouco, não aconteceu mais um acidente no cruzamento da Francisco Chagas com Sebastião Menna Barreto (foto reprodução/vídeo enviado por leitor)

Dias após a colisão que deixou um motociclista em estado grave de saúde na Santa Casa, mais um acidente poderia ter ocorrido neste domingo (13), no cruzamento da Avenida Francisco Chagas com a Sebastião Menna Barreto, flagrado pelas câmeras de monitoramento que existem próximo ao cruzamento. Os moradores pedem nas redes sociais que se coloque uma sinaleira no local. Um leitor do site enviou imagens à redação relatando que é preciso "pressionar por uma sinaleira, antes que uma tragédia ocorra", frisou.

O caso ocorreu quando um veículo Chevrolet, de cor branca, vinha na Francisco Chagas sentido centro-bairro e teve a frente cortada por uma caminhoneta. O motorista conseguiu reduzir a velocidade em tempo, mas quase que mais um fato trágico ocorreu no local. Mas com isso, os moradores pressionam o Poder Público para que se coloque uma sinaleira no cruzamento, considerado um dos mais movimentados e perigosos da região Central.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 14/12/2020 09h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.