10 dezembro 2020

Agora no Vale conquista 1º e 2º lugares no 22º Prêmio de Jornalismo do MPRS

Portal Agora no Vale, da jornalista Carine Krüger, integrante da APNI-RS, ficou nas duas primeiras posições do Prêmio de Jornalismo do MP-RS (foto divulgação)

O portal de notícias Agora no Vale, de Lajeado, membro da Associação dos Portais de Notícias Independentes do Rio Grande do Sul - APNI-RS, conquistou dois prêmios no 22º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Sul. O evento virtual que divulgou os prêmios ocorreu na manhã desta quinta-feira (assista aqui). Ambas as reportagens são de autoria da jornalista Carine Krüger, que foi eleita recentemente presidente da entidade.

O primeiro lugar foi na categoria Saúde e Educação, com a reportagem que abordou a atuação do MP na pandemia, suspendendo a operação nos frigoríficos de Lajeado. No texto, Carine ressalta que a promotoria paralisou fábricas com o objetivo de salvar vidas, em meio ao caos provocado pela Covid-19, mesmo diante da contrariedade de parcela população e ainda contrariando a essencialidade, prevista em lei para as indústrias da alimentação.

O segundo lugar foi na categoria Segurança Pública, na abordagem do projeto do MP que promoveu a reorganização da Força Tática da BM na região de Lajeado. A reportagem relata que a iniciativa do Ministério Público de Lajeado ajuda a proteger a vida e integridade dos policiais, além de aumentar a segurança dos moradores do Vale do Taquari e salvar vidas.

Desde o início da apuração, os jurados analisaram 42 trabalhos inscritos e definiram os três finalistas em cada uma das cinco categorias profissionais, que contemplam o Planejamento Estratégico, e uma voltada a estudantes universitários. 

Clique nos links abaixo e leia as reportagens completas

Reportagem: APNI-RS/Divulgação
Data: 10/12/2020 22h48
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.