Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine New Life Fibra - fibra óptica de qualidade para você!

Bariani Estética Automotiva - em novo endereço

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Sicredi-Faz-Mais-setembro.gif

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

07 agosto 2020

São Gabriel retorna para a bandeira vermelha

Divulgação preliminar das bandeiras coloca região novamente em bandeira vermelha; recursos vão até às 6h de domingo (foto divulgação Governo do Estado)
A classificação preliminar do distanciamento controlado medido pelo Governo do Estado colocou mais uma vez a região de Uruguaiana, onde está São Gabriel, em bandeira vermelha. Segundo as planilhas do Comitê responsável, a região piorou em índices, sendo que quatro deles já está em bandeira preta. Os municípios deverão recorrer da bandeira, que tem prazo até as 6h de domingo, 9 de agosto. 

Segundo o documento de classificação de risco de regiões, o indicador de hospitalizações confirmadas para Covid-19 na região piorou significativamente, passando da bandeira vermelha para a preta nessa rodada. A quantidade de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos 7 dias na região aumentou 43% entre as duas semanas, passando de 21 na semana anterior para 30 na atual. Com tanto, o número de hospitalizações por 100 mil habitantes passou de 4,66 para 6,66, um resultado que indica alta incidência de novos casos na população, passando do alerta laranja para o vermelho.

Também piorou o indicador relacionado ao estágio da doença na região, passando da bandeira vermelha para a preta. Foram registrados 330 casos ativos para 404 casos recuperados últimos 50 dias anteriores ao início da semana. Não obstante, o indicador de Projeção de Óbitos apresentou melhora, indo da bandeira preta para a amarela, tendo a região registrado apenas 2 óbitos, contra os 10 registrados na semana anterior.

Pesou para a região, ainda, o agravamento da situação da macrorregião. Ainda que tenham se mantido estáveis os indicadores relativos a número de pacientes SRAG e Covid-19 em leitos de UTI, com a manutenção de 34 e 26 pacientes, respectivamente, e classificação final na bandeira amarela. No caso dos internados em leitos clínicos Covid-19, houve um aumento de 38%, passando de 50 para 69, um aumento que lhe conferiu bandeira preta no indicador.

Já no tocante à capacidade de atendimento, a macrorregião apresentou piora. Houve redução de 26% na relação entre leitos de UTI livres e leitos de UTI ocupados por paciente Covid, que agora é inferior a 2. O número de leitos de UTI livres para atender Covid-19 no último dia de registro da semana foi de 58 para 43, variação que levou a macrorregião para a bandeira vermelha nesse indicador. A classificação definitiva das bandeiras será divulgada na próxima segunda-feira, 10 de agosto. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações do Governo do Estado
Data: 07/08/2020 20h18
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.