Desfrute de um espetinho gostoso na Mas Bah Tchê Churrasquinho Gourmet em São Gabriel!

Vem conferir a Big Economia em São Gabriel!

Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Conforto que cabe no bolso - Íbis Budget Porto Alegre

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Inscrições abertas para o Fundo Social Sicredi, participe!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

01 julho 2020

Congresso oficializa adiamento das eleições municipais para 15 de novembro

Com informações do site G1

A Câmara dos Deputados aprovou em dois turnos a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que adia as eleições municipais de 2020 para 15 de novembro, em razão da pandemia de covid-19. O texto-base foi aprovado em primeiro turno por 402 votos a 90 (houve 4 abstenções). No segundo turno, a PEC foi aprovada por 407 votos a 70 (houve 1 abstenção).

O texto-base tinha sido aprovado pelo Senado anteriormente e agora será promulgado pelo Congresso Nacional, na manhã desta quinta-feira, 2 de julho. Caso um município ou estado não apresente condições sanitárias para realizar as eleições em novembro, o Congresso poderá editar um decreto legislativo designando novas datas para a realização do pleito, tendo como data-limite o dia 27 de dezembro de 2020.

Inicialmente, a proposta aprovada pelos deputados previa que, no caso dos municípios nesta situação, caberia ao TSE definir nova data. No entanto, os parlamentares aprovaram um destaque para modificar a PEC e deixar a regra igual à dos estados.

Outra mudança aprovada foi a supressão de um dispositivo que dizia que caberia ao TSE promover a adequação das resoluções anteriores ao novo calendário. Com isso, o entendimento é que qualquer adequação precisará passar pelo Legislativo. A mudança da data da eleição foi acordada entre os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara, Rodrigo Maia e o TSE, presidido por Luiz Barroso.

Agora, as datas ficam assim:

Vedação às emissoras transmitirem programa apresentado por pré-candidato – passa a ser a partir de 11 de agosto

Convenções Partidárias – 31 de agosto a 16 de setembro, autorizada a realização por videoconferência

Registro de Candidatura – 31 de agosto a 26 de setembro

Propaganda Eleitoral – após 26 de setembro

Prestação de Contas Parcial – até 27 de outubro

Eleições – 1º turno – 15 de novembro

Prestação de Contas Final – até 15 de dezembro (PRIMEIRO E SEGUNDO TURNO)

Diplomação - 18 de dezembro

Posse - 1º de janeiro de 2021

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/07/2020 21h50
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.