Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Prazo para regularizar o título eleitoral termina hoje

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - proteja-se de golpes

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Centro Africano do Pai Oxalá - Moises de Oxalá

Prazo para regularizar o título eleitoral termina hoje

Cartório Eleitoral continua fechado por tempo indeterminado; regularização dos títulos deve ser feita pela internet até esta quarta-feira para poder votar em outubro, se a data continuar a mesma (foto arquivo C7)
Apesar da pandemia do coronavírus, o calendário eleitoral não sofreu alterações e os eleitores tem até esta quarta-feira (6), para emitir o primeiro título, transferir ou alterar seu título de eleitor. Isso ocorre porque a legislação eleitoral determina que não pode haver alterações na base de dados dos eleitores seis meses antes do período das eleições, uma vez que essas informações devem estar atualizadas nas urnas eletrônicas para o dia da votação. Mesmo com o Cartório Eleitoral fechado por tempo indeterminado, os serviços devem ser feitos via internet.



Para que as eleições de outubro sejam adiadas é necessário que o Congresso aprove uma PEC (proposta de emenda à Constituição), algo que não ocorreu. O alistamento eleitoral é obrigatório para os brasileiros maiores de 18 anos e facultativo para analfabetos, maiores de 70 anos e menores entre 16 e 18 anos.

Com a dispensa da biometria para poder votar em razão da pandemia de COVID-19, o prazo final para cadastramento foi prorrogado até 31 de dezembro deste ano. Informações do plantão podem ser obtidas pelo fone (55) 996627189 ou 996627485. O passo a passo para solicitação, de cada estado, está disponível no site da Justiça Eleitoral: www.justicaeleitoral.jus.br/atendimento

SERVIÇOS DISPONÍVEIS ONLINE
* Requisição da primeira via do título (alistamento)
* Mudança de município (transferência)
* Alteração do local de votação (zona eleitoral)
* Revisão para regularização de título cancelado
* Alteração de dados cadastrais
* Situação eleitoral
Antes de fazer a solicitação, o eleitor deve verificar se possui débitos com a Justiça Eleitoral. Caso possua, é preciso emitir o boleto e efetuar o pagamento.

DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA
* Documento de identificação com foto (frente e verso)
* Selfie do requerente segurando, ao lado do rosto, o documento de identificação
* Comprovante de residência
* No caso de pessoas do sexo masculino, com idade entre 18 e 45 anos, também é preciso apresentar comprovante de quitação do serviço militar

CADASTRO BIOMÉTRICO
– Não está sendo realizada coleta de dados biométricos. Eleitores que ainda não fizeram o cadastro da biometria deverão fazê-lo posteriormente.

QUEM NÃO COMPARECEU AO CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO OBRIGATÓRIO PODERÁ VOTAR?
Sim. Segundo o TSE, está suspenso o cancelamento dos títulos de eleitor nos municípios em que o cadastramento biométrico foi obrigatório em 2019. Contudo, após as eleições de 2020, esses eleitores deverão procurar o cartório eleitoral para regularizar sua situação, pois o título estará cancelado novamente.

QUEM NÃO COMPARECEU AO CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO OBRIGATÓRIO EM ANOS ANTERIORES A 2019 PODERÁ VOTAR?
Nesses casos, segundo o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), será necessário solicitar a regularização de título cancelado para poder votar em 2020. Isso porque, para os municípios em que o cadastramento obrigatório foi em 2018 ou em anos anteriores, não haverá suspensão do cancelamento.

O QUE FAZER CASO A PÁGINA ESTEJA INDISPONÍVEL?
A recomendação do TRE-SP é que o eleitor continue tentando em outros horários. Não há outra forma de requerimento. Serão recebidos todos os requerimentos enviados até 23h59 desta quarta-feira (6).

O QUE ACONTECE SE O ELEITOR NÃO CONSEGUIR ACESSAR A PÁGINA?

Se não houver prorrogação do prazo, esses eleitores ficarão sem votar na próxima eleição. Nos casos de transferência de título, eles poderão votar onde já estavam inscritos, afirma Diogo Rais, professor de direito eleitoral da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da Folhapress 
Data: 06/05/2020 12h03
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: