16 abril 2020

São Gabriel receberá cerca de R$ 104 mil para combate ao coronavírus do Governo Federal

(foto divulgação C7)
A portaria 774/20 do Ministério da Saúde, que libera R$ 4 bilhões para estados e municípios reforçarem as ações de combate ao coronavírus, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União do dia 9 de abril. Com 747 casos confirmados até o momento, o Rio Grande do Sul receberá R$ 260,77 milhões. Desse montante, R$ 79,36 milhões já foi depositado nas contas do Estado e R$ 181,40 milhões das 497 prefeituras gaúchas. São Gabriel receberá R$ R$104.845,98 deste recurso, informou o deputado federal Afonso Hamm (Progressistas).



Defensor da saúde, o deputado Afonso Hamm comenta que esse recurso extra poderá ser investido na abertura de novos leitos, na aquisição de materiais e também para custear profissionais e ações de saúde, de acordo com a necessidade local, para enfrentamento específico ao coronavírus. “A chegada dos recursos é no momento mais importante de enfrentamento efetivo ao combate do coronavírus no Rio Grande do Sul. A utilização com eficiência desses recursos certamente vai salvar vidas”, enfatiza.


O Ministério da Saúde detalha que o valor destinado corresponde a uma parcela mensal do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária. De acordo com a portaria, municípios que recebem recursos para média e alta complexidade terão direito a uma parcela mensal extra, em igual valor. Os que não recebem, terão direito ao valor repassado para a atenção primária, também em igual quantia.

Confira outros municípios da região beneficiados:

Santa Margarida do Sul - R$29.117,18
Rosário do Sul - R$79.453,34
Vila Nova do Sul - R$34.836,47

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da assessoria parlamentar 
Data: 16/04/2020 12h58 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.