30 abril 2020

General Stumpf, gabrielense, assume o Comando Militar do Sul

Sob os olhares do Presidente Jair Bolsonaro, General Stumpf (d) assumiu na manhã desta quinta-feira o Comando Militar do Sul, em Porto Alegre (fotos reprodução/Youtube CMS)
São Gabriel, eternizada na história como a Terra dos Marechais, mais uma vez escreve seu nome na história do País nesta semana. Após a posse de José Levi Mello do Amaral Júnior como Advogado-Geral da União, mais um filho da terra assume um posto importante. Nesta quinta-feira (30), o General de Exército Valério Stumpf Trindade assume o Comando Militar do Sul, responsável pelos três Estados da Região Sul e um dos maiores contingentes militares do Brasil.



Como foi a passagem de comando
A passagem de cargo do antecessor, General Antônio Miotto para Stumpf aconteceu na sede do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre, restrita à autoridades convidadas e bem poucos convidados por conta da pandemia de coronavírus que tem vários casos na capital gaúcha. O Presidente da República, Jair Bolsonaro e o Vice, General Hamilton Mourão, vieram até Porto Alegre prestigiar a posse de Stumpf no cargo.

Stumpf tem experiência militar, com destaque em missões nas Nações Unidas
Sem formatura militar para prevenção ao coronavírus, a solenidade aconteceu na sede do CMS em Porto Alegre, próximo ao Centro Histórico. Ela teve o descerramento do retrato do ex-comandante e a passagem do cargo entre Miotto e Stumpf, perante o Comandante do Exército, General Edson Leal Pujol.

Currículo de prestígio
O General foi observador militar da Organização das Nações Unidas (ONU) e faz parte do colegiado do Alto Comando do Exército, composto por dezesseis generais quatro-estrelas. Natural de São Gabriel (RS), Stumpf usa uniforme desde 1975, quando ingressou na Escola Preparatória de Cadetes do Exército. Virou oficial da Cavalaria em 1981. Além dos cursos regulares de Formação, Aperfeiçoamento e Comando e Estado-Maior, realizou curso de Gerenciamento de Recursos de Defesa, na Escola Naval de Pós-Graduação dos EUA.

No Exterior, foi Observador Militar da ONU em Angola (missão UNAVEM II) e na Iugoslávia (missão UNPROFOR). Nos dois locais teve oportunidade de presenciar combates reais. Foi também adido militar junto à Embaixada do Brasil no Reino Unido (de 2008 a 2010).

Momento da passagem do cargo entre os Generais Miotto e Stumpf, perante o comandante do Exército, General Edson Pujol
No RS, comandou o 3º Regimento de Cavalaria de Guardas (Regimento Osorio), em Porto Alegre, a 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada (Santiago) e a 3ª Região Militar (Porto Alegre), além de ter sido comandante-adjunto no Comando Militar do Sul.

Em outras funções, foi instrutor em três das principais escolas das Forças Armadas: a Academia Militar das Agulhas Negras (RJ), a Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais e a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Foi ainda assessor militar na Presidência da República, subcomandante de Operações Terrestres do Exército e, no governo Bolsonaro, ocupou o estratégico cargo de secretário-executivo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que cuida da segurança presidencial e da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).


O novo Comandante Militar do Sul é filho do também gabrielense Coronel Vilfredo de Ivanoé da Silva Trindade (que foi comandante da 13ª Cia Com, hoje Cia Com Mec, de 1963 a 1964) e da professora Marly Stumpf Trindade (in memoriam), residente em Porto Alegre. Stumpf faz parte da família Trindade, conhecida em São Gabriel. É mais um gabrielense em posto de destaque no Exército, orgulhando a Terra dos Marechais. Sua posse deverá acontecer em abril, a ser confirmada.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/04/2020 12h34
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.