Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Bariani Estética Automotiva - em novo endereço

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Sicredi-Faz-Mais-setembro.gif

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

31 março 2020

Rosário do Sul: Denúncia aponta superfaturamento em compra de peças e diárias de ambulância acidentada

Entre as irregularidades, ambulância que acabou destruída em acidente teve compra de 30 mil reais em peças e diárias emitidas um mês após sinistro (foto reprodução RBS TV)
O repórter Giovani Grizotti trouxe mais uma denúncia de irregularidade a público, agora envolvendo a Prefeitura de Rosário do Sul. A compra de peças para uma ambulância da Prefeitura que foi acidentada em agosto de 2019 e que teve perda total, além de diárias utilizando o veículo um mês depois do acidente motivaram mais uma reportagem-denúncia que foi veiculada no Jornal do Almoço da última segunda-feira, 30 de março. A reportagem motivou várias críticas e cobranças da população para que se investigue o caso.

A denúncia foi originada do fato de que a maior parte do maquinário da Prefeitura está sucateado e há tempos sem conserto, prejudicando rosarienses que pedem estradas melhores e transporte para seus filhos. Grizotti esteve na localidade do Caverazinho, a duas horas de Rosário e conversou com moradores, que pedem providências para melhorar as estradas e também o transporte escolar que impossibilitam alunos de estar nas aulas.

A questão foi levantada pelos vereadores Rogério Ustra, que aparece na reportagem, e Jair Mendes, do MDB, que pediram informações e levaram ao conhecimento do público nas redes sociais em janeiro deste ano e que gerou polêmica na cidade. O então Secretário de Obras, José Abrelino Antunes, desabafou sobre a situação, onde de cinco máquinas pesadas, quatro estavam paradas por estarem estragadas - ele veio a se demitir do cargo nesta segunda-feira. Ele lamentou que algumas das máquinas chegam a ficar um ano paradas e quando retornam do conserto, vem pior do que estavam.

Além disso, foi apontado um superfaturamento de peças, onde uma dobradiça de uma Kombi escolar que está parada foi orçado em 4 mil reais - na internet, se acha por menos de 200 reais - e a compra de mais de 30 mil reais em peças para a ambulância que teve perda total ao retornar de Porto Alegre, onde sofreu um acidente na divisa de Rosário com São Gabriel e uma diária tirada usando o veículo que estava acidentado, um mês depois.

A Prefeitura informou na reportagem que deverá abrir sindicância para investigar a situação, que repercute mal na comunidade rosariense, em uma semana que foi anunciado que os vereadores teriam aprovado uma reposição de 4% em seus salários, também notícia estadual e após a reação da comunidade rosariense, voltaram atrás. Não houve até o momento uma manifestação oficial do Executivo rosariense sobre o caso.

Confira a reportagem veiculada na RBS TV nesta segunda-feira:




Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 31/03/2020 17h29 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.