Esquenta EAD Urcamp - A condição que vai aquecer sua carreira! CLIQUE AQUI!

Páscoa Peruzzo - Recheada de ofertas para você

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

Faça seu Plano Safra com o Sicredi

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

24 outubro 2019

Plenária do CPERS debate sobre projetos do Governo Estadual

Plenária regional trouxe grande público ao Ginásio da Escola Marques Luz, na tarde de quarta-feira
Nesta quarta-feira (23) o CPERS/Sindicato realizou mais uma plenária regional de mobilização para debater os projetos pretendidos pelo Governo Estadual e que geram preocupação entre os professores e funcionários. A plenária aconteceu no Ginásio da Escola Estadual Marques Luz, no Bairro Cidade Nova e teve um momento diferente: a diretora da Escola Estadual XV de Novembro, Andréa Bonorino Cunha Nicoletti, vestiu a fantasia de Eduardo Mãos de Tesoura, em referência ao nobre governador.



Plenária teve presença da presidente estadual, Helenir Schurer

Presentes puderam conferir e debater sobre as propostas de mudança do Governo gaúcho, que não são bem vistas pela categoria
Com apresentação da assessoria jurídica do CPERS, da presidente Helenir Aguiar Schürer e da direção do núcleo, a plenária foi mais uma das dezenas de encontros de mobilização da base em curso em todo o estado desde a última semana.

Os projetos incluem medidas como o congelamento dos salários de toda a categoria por anos a fio, o extermínio de direitos históricos como as vantagens temporais, ataques à organização sindical e taxação de aposentados(as) que recebem um centavo acima do salário mínimo, sem prever qualquer compensação.

Momento que chamou a atenção foi quando a diretora do XV, Andréa Bonorino, se vestiu de "Eduardo Mãos de Tesoura", simbolizando o protesto contra o governador e "atacou" o colega Lucas Loch Moreira (foto Caco Argemi)
“Somente uma mobilização massiva, unificada e consciente dos educadores pode forçar Eduardo Leite a recuar. Essa categoria tem força e uma história rica em lutas vitoriosas. O governador passará, mas nossos direitos ficarão”, convoca Helenir.


Para simbolizar o ataque aos direitos, a professora Andréa se vestiu como o personagem do filme de Tim Burton, Eduardo Mãos de Tesoura, onde “Atacado” pela diretora, o professor Lucas Loch Moreira relatou: “me senti como um funcionário público costuma se sentir, cada vez mais alfinetado e picotado. Ao contrário da fantasia, que parece nociva mas não é, o nosso governador parece fofo mas está enfiando a tesoura nas nossas costas. Também foi uma forma de protestar contra as mudanças propostas pelo Governo de Eduardo Leite. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 24/10/2019 16h20
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.