27 maio 2019

Acidente aéreo mata Gabriel Diniz, do sucesso "Jenifer"

Cantor pop Gabriel Diniz, do sucesso "Jenifer" morreu em acidente aéreo aos 28 anos nesta segunda-feira (foto divulgação)
Mais um artista da música brasileira tem a carreira e a vida interrompida de forma trágica. Um acidente aéreo ocorrido no final da manhã desta segunda-feira, 27 de maio, matou o cantor Gabriel Diniz, do sucesso "Jenifer", aos 28 anos. O avião Piper em que ele vinha caiu em um mangue no interior de Sergipe, no município de Estância.



De acordo com a Polícia Militar, há três mortos: além de Gabriel Diniz, foram identificados Linaldo Xavier e Abraão Farias, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas. O corpo do cantor foi reconhecido por amigos. Na noite de domingo, ele tinha feito um show em Feira de Santana, na Bahia, e ele estava indo encontrar a família para comemorar o aniversário da namorada, Caroline Calheiros, que completa 25 anos nesta segunda-feira. Autoridades informaram que o avião não era apropriado para viagens.

Gabriel Diniz tinha 28 anos e nasceu em Campo Grande (MS). Ele foi criado em João Pessoa (PB), onde morava, e teve uma banda com amigos da escola. GD, como era conhecido, era um astro do forró, mas transitava bem no sertanejo. O estouro veio no segundo semestre do ano passado, com "Jenifer", o grande hit do último verão. A música divertida sobre uma mulher encontrada no Tinder foi a primeira de Diniz a chegar ao topos das paradas de todo o Brasil.


Os maiores sucessos anteriores dele eram "Paraquedas", com Jorge e Mateus (18 milhões de visualizações no YouTube) e "Acabou, acabou", com Wesley Safadão (62 milhões). Ele tinha empresários em comum com Safadão. A música composta pelo grupo Big Jhows, foi feita para Gusttavo Lima, mas foi Gabriel Diniz que a comprou e deu o toque que consagrou a canção. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações do G1 
Data: 27/05/2019 16h02
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.