01 fevereiro 2019

Caso Bento: réus irão à júri popular

Justiça anunciou que acusados pela morte de Bento Júnior irão a júri popular em data a ser marcada (foto divulgação)
Dez réus apontados como responsáveis pela morte do policial militar Bento Júnior Teixeira Borges serão julgados pelo Tribunal do Júri. Em data a ser definida, a juíza Juliana Neves Capiotti publicou a sentença de pronúncia, quando define que os réus irão a julgamento no Fórum. A decisão foi informada na quarta-feira, 30 de janeiro.


A sentença de pronúncia é uma decisão que não põe fim ao processo: ela apenas decide que existem indícios de um crime doloso contra a vida e que o acusado pode ser o culpado e que, por se tratar de um crime doloso contra a vida, o processo será julgado por um tribunal do júri e não por um juiz sozinho.

O júri ocorrerá dois anos após o crime bárbaro que chocou a comunidade na época. Dez réus apontados como diretamente envolvidos na morte do policial militar na manhã de 25 de dezembro de 2016 serão submetidos a júri popular.


O caso aconteceu no final da madrugada de Natal, quando Bento Júnior, ao tentar conter uma briga, e no tumulto, acabou acertando a tiros um adolescente que estava em um grupo e que veio a morrer, e em represália e fúria, integrantes de bondes o perseguiram e agrediram até a morte, em um crime hediondo que repercutiu no País. Dezessete pessoas foram indiciadas por envolvimento na morte de Bento.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/02/2019 16h07
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.