23 janeiro 2019

Whatsapp ganhará emoji do chimarrão a partir de março

Assim será o emoji que representará o chimarrão no Whatsapp e demais redes, sendo oficialmente anunciado em março deste ano (foto divulgação)
A partir de 5 de março, novos emojis serão apresentados pelo consórcio Unicode, que regulamenta os símbolos usados para comunicação em mensageiros instantâneos e redes sociais. Entre eles, um conhecido de gaúchos, argentinos e uruguaios: a cuia de chimarrão, erva-mate ou simplesmente mate. O emoji representando a bebida típica de parte da América do Sul estará incluído, segundo informaram os autores da ideia à imprensa argentina neste começo de 2019.



A iniciativa foi apresentada por um grupo de argentinos durante o Media Party - congresso de empreendedores de software livre e jornalistas de todo o mundo - de 2017, em Buenos Aires, ao Unicode e também no evento Emojicon, em Nova Iorque. O projeto é de autoria dos argentinos Florencia Coelho, Daniela Guini, Martín Zalucki, Santiago Nasra e Emiliano Panelli.

Para reforçar o alcance do mate, o documento conta com uma série de fotos de celebridades como o Papa Francisco, o Obama e Neymar tomando a bebida. A equipe também usou ao seu favor os dados que mostram que América Latina é a região do mundo que mais usa redes sociais. Panelli disse que o mate é um ícone de amizade e união, não só da Argentina como do mundo todo.

O mate ou chimarrão está presente no sul do Brasil, além da Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia e se popularizou também em países do Oriente Médio como Síria e Líbano, trazido por imigrantes argentinos. Embora a proposição seja argentina, os gaúchos já aprovam a novidade. O emoji deverá ser totalmente implantado até julho, também no Facebook e outros apps.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, via site La Voz/Argentina  
Data: 23/01/2019 19h11
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.