Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: As expectativas de Adão Santana na presidência do Legislativo

Prestigie o Jantar De Mãos Dadas, da Despertar e Voluntárias do Lar São João

Vem aí a Festa Junina da Pró-Down em São Gabriel. Participe!

	
Vem aí a semana do aniversário da Grazziotin. Confira as promoções

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

Penha de Troca da Patronagem - CTG Plácido de Castro - 25 de maio

Prestigie a reinauguração da Cremolatto em novo endereço no Calçadão de São Gabriel

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça sua Pós-Graduação na Unopar

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

As expectativas de Adão Santana na presidência do Legislativo

Adão Santana foi entrevistado com exclusividade pelo site Caderno7 na última sexta-feira, onde falou das suas expectativas na gestão do Legislativo em 2019 e também com os novos governos federal e estadual 
Vereador fala também sobre as expectativas dos Governos Bolsonaro e Eduardo Leite

Após assumir a Presidência do Poder Legislativo gabrielense, o vereador Adão Valdecir Martins Santana (PTB) começa a tomar pé da situação e colocar sua marca pessoal na gestão. O parlamentar recebeu a reportagem do Caderno7 na última sexta-feira, 4 de janeiro e falou sobre expectativas, projetos e metas para 2019, além do que espera dos Governos de Jair Bolsonaro e Eduardo Leite. Santana destaca que tem otimismo, mas que tudo terá que ser feito com "pés no chão", seriedade e bom senso, ainda dizendo que os tempos evoluíram, com a rapidez



Adão salienta que em relação às gestões anteriores que administrou (1994, 2001 e 2012), a Câmara de Vereadores está com sua transparência e legislação integrada à modernidade. "Cada momento é especial, mas este é diferente. Nas vezes anteriores, o comprometimento com o ordenamento jurídico e econômico era mais difícil do que o momento atual e na primeira vez que fui presidente, não existia a Lei de Responsabilidade Fiscal. Hoje, é tudo digital, nos dá mais responsabilidade de administrar porque é necessário ter celeridade e disponibilizar tudo online, a população cobra e é mais atenta ao que fazemos", analisou.

Na equipe, ela é a mesma da gestão anterior, com a adição de seu correligionário, o advogado Sérgio Caiubi de Andrade Silveira. Adão Santana justifica que além de reduzir gastos, mantém a mesma equipe que tem conhecimento do processo legislativo, desde a gestão do vereador Claudiomiro Borges (PR), em 2017. O presidente afirma também que o Legislativo não pode mais demorar para analisar projetos de lei, devido à fiscalização da comunidade, salvo os que forem de temas polêmicos que precisarão sempre de análise e consulta da comunidade através das audiências públicas. "Não há mais tempo para deixar 'pra depois', o serviço público tem que mostrar excelência, mas faremos isso sem perder nossa independência e mantendo a sintonia entre os poderes", comentou.

Adão anuncia que deverá ocorrer uma sessão extraordinária no recesso, para analisar reajuste salarial dos servidores públicos municipais e que há ainda dois projetos de lei para serem votados que ficaram pendentes: um que trata da cessão do quiosque existente na Praça Fernando Abbott, para que o mesmo seja licitado e outro, que autoriza a Prefeitura a ceder uma área para a São Gabriel Saneamento, para a construção da nova estação de tratamento de esgoto. "A maior parte da pauta tinha sido zerada, mas ficaram pendentes estes dois projetos de lei porque eram necessários esclarecimentos do Executivo e buscar informações nos órgãos competentes, para que tudo seja feito legalmente. Acreditamos que até o final de janeiro, estes projetos sejam colocados em votação", informou. O quiosque está em discussão no Poder Judiciário e a Prefeitura quer fazer sua licitação.

Nos projetos, Adão destaca que a prioridade será incentivar a inclusão social em São Gabriel, trabalho este realizado por entidades como a APAE, Pró-Down e Associação Despertar, área esta que tem no parlamentar um grande apoiador. "Apoiamos a aprovação e incentivo de projetos como o ensino do braile, o crescimento da Associação Despertar, APAE, Pró-Down, e em breve teremos também o retorno da Associação dos Portadores de Necessidades, que tem o Paulinho (Paulo Roberto Moreira) como presidente. Com tudo isso, São Gabriel vai se tornar um pólo de apoio à inclusão", afirma. Adão informa que a inclusão é uma realidade, visto que em São Gabriel, segundo o IBGE, há em torno de 7600 pessoas que tem alguma necessidade especial, seja total ou parcial (auditiva, visual, sensorial, física, mental, entre outros), o que corresponde a aproximadamente 15% da população e irá cobrar mudanças como transporte adaptado nos ônibus e táxis, junto ao Poder Executivo. Ele ainda destaca que também defenderá o incentivo à produção primária rural, além de políticas de proteção para crianças, adolescentes e idosos, principalmente os que são vítimas de maus tratos.

Sobre os governos de Jair Bolsonaro (federal) e Eduardo Leite (estadual), o Presidente do Legislativo tem expectativas otimistas. "Estou no serviço público há quatro décadas e apostamos que este possa fazer pelo cidadão, dar a assistência necessária", frisando que tanto a União quanto o Estado são necessários na vida do povo, mas que tudo será feito com sensatez e transparência, conforme tem sido demonstrado pelos novos governantes, segundo ele. "O Presidente tem disposição de mudar as coisas, com responsabilidade e mexer no que é necessário, sem medo algum, conforme tem sido anunciado e realizado. No Governo gaúcho, a expectativa é de renegociar a dívida e mudar a situação, mexendo em monopólios e diminuir o estado em relação ao próprio estado, sem afetar o serviço público, melhorando assim áreas como a segurança pública e saúde, descentralizadno serviços e renegociando dívidas", concluiu.

Finalizando, Adão afirma que fará uma gestão voltada para o bom senso e espera o cumprimento de compromissos do Poder Executivo, que deverá anunciar o início de obras que deverão "mudar a vida dos gabrielenses". "Temos que modernizar a cidade, chega de empurrar com a barriga. Mas tudo com seriedade e 'pés no chão', por nossa parte, não faltará bom senso. Assim como diremos sim quando necessário, diremos o não quando essencial, não podemos dizer sim para tudo, para fazermos as ações de forma responsável", finaliza.

Ao finalizar, Adão destacou a importância do papel da imprensa local e quer contar com a mídia para a divulgação de forma transparente de todos os atos do Poder Legislativo. O Legislativo inicia seu ano em 15 de fevereiro e a primeira sessão legislativa marcada para o dia 18, segunda-feira. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/01/2019 19h06
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: