29 outubro 2018

Taxistas cobram fiscalização da Prefeitura contra clandestinos em São Gabriel

Taxistas se reuniram com Secretários Municipais para cobrar providências na fiscalização de clandestinos em São Gabriel
Na manhã desta segunda-feira (29), a cidade já começou movimentada com o protesto dos taxistas de São Gabriel, que fizeram uma carreata antes de audiência na Prefeitura Municipal. Na pauta, a cobrança por fiscalização de taxistas que estariam irregulares na cidade. Uma reunião foi realizada da categoria com os Secretários de Administração, Valdemir Jobim (Tita) e de Serviços Urbanos, Paulo Sérgio Barros (Nenê) para pedir providências a respeito. A mobilização saiu da antiga Viação Férrea e foi até a frente da Prefeitura, antes da audiência.




Taxistas exigem fiscalização de não-regularizados, visto que eles cumpriram as exigências e querem que os demais também façam isso ou sejam autuados
Cerca de trinta taxistas, que são os que foram legalizados pela Prefeitura, acompanharam a reunião. O Secretário Nenê informou que a fiscalização será rigorosa, mas para isso, quer contar com o apoio dos taxistas denunciando os que são clandestinos. Um deles informou que tem taxista cobrando preços abaixo do mercado e até mesmo "corrida por linguiça", para ilustrar a situação que estaria crítica neste assunto.

Os secretários reforçaram que os taxistas devidamente legalizados terão o selo de vistoria e um "carteirão", documento com foto e identificação de quem está em dia com a Prefeitura, a exemplo de cidades como Porto Alegre. Além disso, eles cobram uma lei municipal para regularizar os aplicativos de transporte, onde muitos motoristas estariam usando os apps, mas não estariam legalizados como a lei federal determina.

Protesto foi pacífico e percorreu trajeto até a Prefeitura Municipal, na manhã desta segunda-feira
O Secretário Tita salientou que o Prefeito Rossano Gonçalves reforçou o compromisso de não impedir ninguém de trabalhar, dando prioridade para os atuais permissionários conforme a lei, mas também exige que eles se adequem, além de que a fiscalização por estar escassa é problema, mas que atenderão os pedidos do Sindicato, que tem como presidente Sandra Barros e o vice Leandro Abade, presente na reunião. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/10/2018 16h18
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.