Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Servidor da Câmara é exonerado após comentários ofensivos sobre morte de ex-prefeito

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Colégio Perpétuo Socorro contra o coronavírus

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Servidor da Câmara é exonerado após comentários ofensivos sobre morte de ex-prefeito

Servidor da Câmara de Vereadores foi exonerado do cargo por ter feito comentários de ódio sobre a morte do ex-prefeito (foto arquivo C7)
Um servidor da Câmara Municipal de Vereadores foi exonerado na manhã desta terça-feira (30), após fazer comentários ofensivos sobre a morte do ex-prefeito Roque Montagner no Facebook. A postagem polêmica foi feita na página pessoal da ex-secretária de Turismo, Malu Bragança, onde ao comentar o post em que ela externava suas condolências pela morte do colega de política, o mesmo fez discurso de ódio, o que chocou a muitos que ali comentavam sobre o falecimento do ex-prefeito.


O servidor, que era assessor parlamentar da bancada do PTB, comentou que "começaram a morrer a petezada, já vai tarde petralha", chocando e gerando repúdio em relação à atitude. A Presidência da Câmara de Vereadores decidiu pela exoneração do servidor pela atitude considerada impensada e que segundo o presidente Vagner Aloy (PSDB), vai contra o pensamento democrático que é defendido pelo Legislativo.

A ação motivou moção de repúdio assinada pelos vereadores da bancada do PT, Felipe Abib e Éder Barbosa, aprovada pelo Legislativo. A sessão plenária desta terça-feira, antecipada pelo feriado de Finados, foi aberta e encerrada, em luto pelo falecimento do ex-prefeito. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/10/2018 16h05
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: