Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: O povo fala: Moradores do Santa Isabel pedem providências para obra de Escola Infantil

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Apoie a economia de sua região, compre no seu comércio! Uma lembrança Sicredi Pampa Gaúcho

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

O povo fala: Moradores do Santa Isabel pedem providências para obra de Escola Infantil

Obras estão paradas há meses e com o abandono, elementos vem ao local à noite para atos ilícitos, segundo moradores
A obra da Escola Infantil situada na Rua Liara Souto Pereira, no Bairro Santa Isabel, é motivo de preocupação por conta de que, após a paralisação da obra e um possível abandono da mesma pela antiga construtora, o local foi alvo de depredação e furto de materiais, segundo nos relataram moradores do Bairro que pediram para não ser identificados com medo de represálias. Fomos até o local e conferimos a realidade.



Local onde funcionava alojamento e escritórios foram completamente depredados e tapumes que cercavam obra não existem mais

Objetos como geladeira, sofá (foto acima) e fogão (foto abaixo) ficaram no local, que tem vestígios de ser utilizado durante à noite, denunciam moradores

De acordo com moradores que contataram a reportagem, elementos visitam o local à noite para consumo de drogas
A obra, que está parada há alguns meses, foi paralisada nos alicerces. Não há mais rastro dos tapumes que ali existiam e no local que abrigava alojamentos dos trabalhadores e os escritórios da construtora, estão semi-destruídos. A moradora que contatou a reportagem afirmou que à noite, usuários de drogas estariam utilizando o local.

Onde haviam os escritórios e alojamentos, restaram apenas dois vasos sanitários, um sofá, fogão e geladeira, todos sem funcionamento, além de lixo e vestígios de que houve alguém por ali. Os moradores acionaram a reportagem para pedir providências a respeito, se a obra será retomada ou não.

Vamos contatar o Secretário de Obras, Marcos Vieira, a respeito do destino da obra que foi iniciada no Governo Roque Montagner, obtida junto ao Governo Federal na época. Segundo informações extraoficiais, a empresa responsável teria abandonado as obras, mas vamos buscar estas e outras respostas. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 05/06/2018 21h19
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: