Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Municípios da região podem ser incluídos na "Rota das Oliveiras"

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Inauguração da filial da Cremolatto em São Gabriel neste sábado, 22 de dezembro

Aproveite mais uma chance de vestibular na Urcamp - 16 de janeiro

Prestigie a 37ª Festa Campeira do CTG Caiboaté - 8, 9 e 10 de fevereiro de 2019

Aproveite o Festival de Verão Tottal e já tem também o material escolar

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Prestigie o 10º Baile do Chopp em Santa Margarida do Sul - 26 de janeiro

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Municípios da região podem ser incluídos na "Rota das Oliveiras"

Deputado estadual, que foi Secretário de A protocolou projeto para que seja criada rota agroturística que incentive municípios produtores de oliveiras (foto divulgação)
As cidades de São Gabriel, Santa Margarida do Sul e Rosário do Sul devem ser incluídos em uma nova rota turística e econômica, a "Rota das Oliveiras", em projeto que deverá ser apresentado pelo deputado estadual Ernani Polo, do Progressistas. Segundo o parlamentar, o objetivo do projeto é estimular o agroturismo associado à olivicultura, para contribuir com o desenvolvimento do setor. O projeto foi protocolado na Assembleia Legislativa do Estado.


O roteiro, que pode ser criado por lei estadual ainda abrangerá os municípios de Barra do Ribeiro, Cachoeira do Sul, Caçapava do Sul, Canguçu, Dom Feliciano, Encruzilhada do Sul, Piratini, Santana do Livramento, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Pinheiro Machado, São Sepé, Sentinela do Sul e Vila Nova do Sul. "Já são mais de três mil hectares de área plantada no Estado", afirmou.

Atualmente existem no Rio Grande do Sul cerca de 150 olivicultores cadastrados, nove plantas industriais extratoras de azeite e 20 marcas do produto para comercialização, em mais de 3.500 hectares de área plantada. Durante a gestão Polo, a secretaria estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação criou o Programa Estadual de Desenvolvimento da Olivicultura, que visa fomentar, apoiar os produtores e consolidar a produção no Rio Grande do Sul. O Pró-Oliva foi desenvolvido através de subsídios reunidos por uma câmara setorial, junto aos integrantes da cadeia produtiva, em 2015.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da assessoria parlamentar 
Data: 25/06/2018 18h01
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: