Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Vereadores de São Borja rejeitam contas de ex-prefeito

Prestigie em 10 de agosto, o Jantar-baile em homenagem aos pais no CTG Lenços Brancos do Bom Fim, com o cantor Baitaca

Vem aí o 2º Carnaval de Inverno do Bloco Sucessagem de Rosário do Sul - garanta sua camiseta!

De 17 a 21 de julho, vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Vereadores de São Borja rejeitam contas de ex-prefeito

A Câmara de Vereadores de São Borja rejeitou as contas do ex-prefeito Mariovanne Weis (foto), referente à gestão de 2010. A sessão que aprovou o Projeto de Decreto Legislativo referente às contas públicas do município de São Borja, do ano de 2010, aconteceu na última segunda-feira (30).


Depois que o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS) emitiu, em 16 de abril de 2013, parecer prévio rejeitando as contas públicas do Ex-prefeito, coube a Comissão de Finanças, Orçamento, Planejamento, Fiscalização e Controle da Câmara de Vereadores de São Borja elaborar um Projeto de Decreto Legislativo.

O referido Projeto, que concluiu pela aprovação do parecer do TCE/RS, foi votado na segunda-feira e aprovado por 8 votos a 7. Para que a decisão do TCE/RS, desfavorável à aprovação das contas de 2010, fosse modificada seriam necessários 2/3 dos votos dos membros da Câmara, ou seja, 10 votos, o que não ocorreu.


Com a decisão, uma eventual candidatura do ex-prefeito à Prefeitura são-borjense pode ser barrada por esta rejeição. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 02/05/2018 19h05
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: