Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Câmara de Vereadores indica o repasse auxílio financeiro para a Patrulha Ambiental da Brigada Militar

Ofertaço Grazziotin - de 16 a 20 de outubro

O Poder da Clareza - 17 de outubro em São Gabriel

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

12 de outubro - Dia de Nossa Senhora Aparecida - lembrança do Colégio Perpétuo Socorro

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Curso para o Concurso de Vila Nova do Sul é no Aurora Concursos

Câmara de Vereadores indica o repasse auxílio financeiro para a Patrulha Ambiental da Brigada Militar

Reunião de Frente Parlamentar definiu por direcionamento de auxílio financeiro a Patrulha Ambiental da BM local (foto Felipe Oliveira/Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores)
A Frente Parlamentar em Defesa da Segurança Pública da Câmara de Vereadores de São Gabriel indicou o direcionamento de auxílio financeiro a Patrulha Ambiental da Brigada Militar para cobrir despesas com conserto de viatura e aquisição de materiais de expediente do setor. O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Vagner Aloy Rodrigues, o Maninho, juntamente com os vereadores Cilon Lisoski, Adão Santana e Claudiomiro Borges, na manhã desta segunda-feira, após reunião com a comandante do Policiamento Ambiental da Brigada, Nair Pires da Silva Jacobsen.

Para oficializar o pedido de repasse, o presidente Aloy enviou documento ao prefeito Rossano Gonçalves, solicitando que o valor seja retido na prefeitura para ser repassado ao GAB (Grupo de Amigos da Brigada Militar), que posteriormente destina a Patrulha Ambiental através de convênio.

Este tipo de ajuda financeira do Legislativo é possível quando a Câmara deixa de utilizar parte do valor que é devido à instituição e fica retido na prefeitura, com a indicação de que seja investido em determinado setor sugestionado pelo parlamento, porém o prefeito possui a discricionariedade para atender ou não a solicitação.

“Acreditamos que valorizar o trabalho de instituições que se dedicam a nos defender dia e noite para manter a nossa cidade segura é prioridade nos dias de hoje. Sabemos que a obrigação em manter a segurança nos municípios é do Estado, porém não podemos deixar de fazer a nossa parte”, afirma o vereador Cilon Lisoski, presidente da Frente Parlamentar de Segurança. 

Reportagem: Felipe Oliveira/Especial C7
Data: 02/03/2018 21h26
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: