Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Corpo de menina desaparecida é encontrado em Caxias

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Apoie a economia de sua região, compre no seu comércio! Uma lembrança Sicredi Pampa Gaúcho

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Corpo de menina desaparecida é encontrado em Caxias

Naiara Soares Gomes, 7 anos, foi encontrada morta em Caxias do Sul. Seu desaparecimento mobilizou a comunidade e crime chocou o Estado (foto divulgação)
As buscas a menina Naiara Soares Gomes, de 7 anos de idade, tiveram um desfecho triste em Caxias do Sul nesta quarta-feira (21). A Polícia Civil encontrou seu corpo às margens da Represa do Faxinal, no distrito de Ana Rech, em Caxias do Sul. Ela estava desaparecida desde a manhã de 9 de março, quando seguia para a Escola Municipal Renato João Cesa, onde estudava.


Os policiais chegaram ao local após o depoimento do suspeito do crime ter sido preso preventivamente e extraoficialmente, confessar que sequestrou e estuprou a vítima, que foi encontrada em uma vala. Um saco preto com roupas de criança foi encontrado na casa do homem, que mora em Caxias e foi identificado como Juliano Vieira Pimentel de Souza, 31 anos.

A casa do homem foi atacada nesta madrugada com coquetéis molotov, onde um princípio de incêndio foi controlado por moradores. O crime gerou comoção no Estado, ainda mais por uma crueldade que foi feita com a criança e lembrou também o caso ocorrido com a riveirense Yohana Valentina, também desaparecida e encontrada morta em Rivera no feriado de 15 de novembro do ano passado. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 22/03/2018 10h18
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: