Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Caminhada pedirá justiça por vítima de acidente

Faça o seu UnimedCARD, menos de 30 centavos por dia!

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Prestigie em 10 de agosto, o Jantar-baile em homenagem aos pais no CTG Lenços Brancos do Bom Fim, com o cantor Baitaca

Vem aí o 2º Carnaval de Inverno do Bloco Sucessagem de Rosário do Sul - garanta sua camiseta!

De 17 a 21 de julho, vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Caminhada pedirá justiça por vítima de acidente

Familiares e amigos estão organizando para o dia 25 de março (domingo), a partir das 18 horas, uma caminhada em protesto e memória de Carlos Otávio Marques Borges (Biri, foto), que foi morto por atropelamento no último dia 8 de fevereiro, na Rua Sebastião Menna Barreto, por volta da meia-noite, quando retornava do serviço.



A caminhada sairá do local onde a vítima foi atropelada e irá até a Praça Dr. Fernando Abbott, onde serão feitas homenagens e um momento de orações em memória de Biri. Ele foi atropelado a 400 metros de casa e foi socorrido, mas morreu horas após na Santa Casa de Caridade.


O autor do atropelamento fugiu do local e se apresentou 15 dias depois, mas sua identidade é mantida em sigilo pela Polícia Civil local, onde ele alegou ter confundido a vítima com "um animal". A manifestação servirá acima de tudo para pedir justiça no caso e providências, como um redutor de velocidade na rua. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/03/2018 18h59
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: