Conheça os cursos de Pós-graduação da Unopar em São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Vestibular de Verão Uninter - CLIQUE AQUI PRA SE INSCREVER

O adeus ao amigo Gilberto Bittencourt Silveira

Corpo do tradicionalista foi velado no CTG Pampa e Minuano, onde por muitos anos foi patrão e também integrava a entidade. Amigos e familiares destacaram legado de Gilberto para a comunidade 
Em um clima de comoção e pesar, tradicionalistas, amigos e familiares se despediram do Conselheiro do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e ex-coordenador da 18ª Região Tradicionalista, Gilberto Bittencourt Silveira, 46 anos. Vítima da violência e da estupidez de um criminoso, o tradicionalista e eterno patrão foi velado no CTG Pampa e Minuano, e sepultado no final da tarde de quinta-feira (1º) no Cemitério da Santa Casa de Bagé.



Amigos e familiares se despediram de Gilberto e não acreditavam ainda no crime. O Conselheiro, que era contabilista e tinha atuação em vários segmentos da comunidade bageense e regional, apoiador da cultura, conselheiro e ex-coordenador da 18ª Região Tradicionalista do Movimento Tradicionalista Gaúcho, membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), companheiro leonístico do Lions Clube Tradição e integrante do CTG Pampa e Minuano, entre outras entidades.

Ele foi lembrado como sendo uma pessoa de caráter exemplar, que sabia o que queria e um grande parceiro, amigo e familiar. Ele faria a passagem festiva do cargo para sua sucessora, já empossada anteriormente, Paula Oliva Bundt. O MTG decretou luto e a 18ª RT suspendeu a posse por tempo indeterminado.

Rafael, o assassino (foto divulgação)
O crime, que consternou a cidade de Bagé e região, teve rápida resolução por parte das autoridades. Rafael da Costa Pinheiro, 20 anos, que tinha várias passagens na Polícia, disse que tinha vindo de Pelotas para "tentar a sorte" em Bagé. Segundo a Polícia, o bandido escolheu Gilberto "aleatoriamente" para roubar, o abordou em uma praça com um revólver calibre 38 e amarrou suas mãos. Ao levar a vítima para o kartódromo, Silveira teria se movimentado bruscamente e o assassino disparou, atingindo a vítima pelo olho, vindo a falecer na hora.

A Polícia ainda busca respostas sobre o caso, se o bandido realmente agiu sozinho. São Gabriel esteve presente com tradicionalistas, que levaram solidariedade para os familiares do agora saudoso tradicionalista.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 02/02/2018 10h38
Contato: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: