Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Suspeito de assassinar crianças em ritual satânico é de Rosário do Sul

Aproveite o Panelaço Farroupilha da Tottal Casa & Conforto, de 16 a 22 de setembro

Prestigie o 45º Remate da Cabanha Santa Maria, em 7 de outubro, durante a 85ª Expofeira de São Gabriel

Dia 6 de outubro - a festa mais colorida do ano em rosário do Sul - Glow in the Dark 2

Festejos Farroupilhas de São Gabriel - confira a programação

Dia 19 de setembro, Fandango Tradicional do CTG Tarumã - animação com Garotos de Ouro

Faça o seu UnimedCARD, menos de 30 centavos por dia!

Setembro, mês da bíblia - Colégio Perpétuo Socorro

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Gás Querência - promoção apenas 75 reais o botijão, no dinheiro

Suspeito de assassinar crianças em ritual satânico é de Rosário do Sul

Sílvio Rodrigues, que foi preso em 27 de dezembro, é de Rosário do Sul (foto divulgação)
O suspeito do ritual satânico que chocou o Estado e País na última semana, em Novo Hamburgo, é de Rosário do Sul. Apontado como o mentor da crueldade, Sílvio Fernandes Rodrigues, 44 anos, nasceu em Rosário do Sul e é apontado como líder de um templo que existe na zona rural de Gravataí.



Segundo a Rádio Gaúcha, ele teria se mudado para Porto Alegre quando adolescente, com a mãe e uma irmã. Aos 20 anos, casou-se e foi morar em Pelotas. Foi com a segunda mulher que o "Mestre Sílvio", como é conhecido, teria aprendido a fazer trabalhos espirituais. Ele chegou a trabalhar como garçom e vendedor de classificados antes de se dedicar à religião.

A reportagem ainda informa que ele era especialista em rituais para o amor e prosperidade no trabalho. Ele chegou a divulgar o trabalho em um site chamado "Templo de Lúcifer - Alta Magia". Ele está preso desde 27 de dezembro. Outras três pessoas estão presas e outras três foragidas.

A investigação começou no dia 4 de setembro do ano passado, depois dos corpos de duas crianças - possivelmente argentinas - serem encontrados em um matagal em Novo Hamburgo. O bruxo teria recebido R$ 25 mil de uma dupla de sócios para fazer o ritual.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da Rádio Gaúcha 
Data: 10/01/2018 09h32
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: