30 janeiro 2018

Atualidades gaúchas, nacionais e internacionais

José Luiz Bicca Heineck
Colunista do blog

= Lula rodou: tirou três vezes zero (3 x 0).
= Mercado gostou: bolsa 85.000 pontos.
= Brasil já começou a mudar?
= 12 anos: 2 fechado....
= Sala vazia em Davos. Não vende credibilidade....não tem ouvintes.
= Inflação de 18 será 5%?
= Febre amarela: começou em Mariana?
= Importação de químicos: 43 milhões de ton que custam US$ 37 bilhões aa
= Nossa lavoura depende de importações.

= Volume de nosso agronegócio precisa ser estudado $$$$$$
= Tem justiça no País... ou não tem País.
= Brasil tem jeito, basta respeitar a CF e não interpretá-la ao bel prazer.
= Boi 4,80; vaca 4,20; terneiros 5,10; soja 64; arroz 39
= Dívida na volta dos 4 trilhões!!!!!!!!!!!!!!!
= STF vai dar prá trás????????????????????
= BNDES rebaixado. Pode??????????????
= O mais difícil: vender confiança, credibilidade. Quadrilha não consegue.
= Mercado internacional apoia lava-jata e seus desdobramentos.
= Chuvas salvaram as lavouras em janeiro.
Boa semana a todos.
jlbiccaheineck@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.