Unopar Graduação Digital - Você digital até na hora de estudar

26-05 - Penha de Aniversário Querência Xucra - Baile com Herança Serrana

Vem aí a Penha do Churrasco no CTG Sentinela do Forte

16-06 - Top7 - O maior assalto da história em Rosário do Sul, no Clube dos Sargentos

Confira as ofertas da próxima semana na BCD São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Oficina de Costura

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Pepeca desabafa: "fui vítima de maldade e covardia. Minha consciência está tranquila"

Pepeca Bertazzo se manifestou sobre suposta acusação envolvendo viagem para assistir jogo do Grêmio na Argentina (foto arquivo C7)
Um comentário feito em rede social está gerando uma polêmica envolvendo o vereador Antônio Pedro de Brito Bertazzo (Pepeca, PDT) e motivou a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara de Vereadores que ouvirá o autor dos comentários na manhã desta terça-feira, 12 de dezembro. A CPI foi pedida pelo vereador Cilon Lisoski, do PR e assinada por nove vereadores, entre eles Pepeca, o mais interessado em esclarecer as distorções causadas pelo comentário.



O autor do comentário, que foi identificado como o Pastor Alexandre Martins, acusou um vereador - sem citar nomes - de "ganhar diária" para ver o jogo no valor de R$ 900, o que gerou repercussões. Pepeca solicitou a transferência da sessão que elegeu a presidência da Casa por estar assistindo o jogo final da Copa Libertadores em Buenos Aires - onde ele sempre realizou isso, antes mesmo de ser vereador - e não conseguiu chegar em tempo porque o ônibus que viajava foi depredado por torcedores argentinos, atrasando seu retorno ao Brasil.

Ofício solicitando o desconto do jeton da sessão em que Pepeca não pode comparecer (foto divulgação)
Ele justificou a ausência comunicando o colega André Focaccia, do PSD e pediu o não-pagamento do jeton referente à sessão. "Inclusive, tínhamos comunicado a nossa saída do País sem ônus, conforme o Regimento Interno e fomos prejudicados por este imprevisto. Aí quando soubemos desse comentário, fizemos questão de que se criasse uma CPI para esclarecer, porque nos sentimos injuriados com uma inverdade. Quem me conhece, sabe que vamos a jogos do Grêmio há mais de 10 anos, sem precisar de outras coisas para fazer isso", afirmou.

Pepeca inclusive protocolou um ofício para descontar a sessão em que não pode comparecer (pagamento de jeton) e que jamais precisou de tal expediente. "Sempre fomos aos jogos do Grêmio, muito antes de estarmos como vereador. Isso foi má intenção ou má informação, só olhar no Portal Transparência que não há nada a respeito. Não pediríamos a CPI se estivéssemos errados, o que queremos é esclarecer esse absurdo. Sou o maior interessado, não posso me calar diante de uma barbaridade desta. Fui vítima de maldade e covardia, minha consciência está tranquila", afirmou.

A CPI deverá apurar quem repassou estes dados ao "denunciante". O Presidente do Poder Legislativo, Claudiomiro Borges (PR), afirmou que o Poder foi "manchado" com os boatos. O autor dos comentários deverá ser ouvido nesta terça-feira, às 11 horas. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 12/12/2017 09h47
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: