Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Nota Oficial

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

14 de julho - 19h, espetáculo Business Dance do Atelier da Dança

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Papelaria Saldanha agora em novo endereço

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Nota Oficial

A respeito da informação veiculada na reportagem desta quarta-feira, 6 de dezembro, pelo “Jornal do Almoço” da RBSTV sobre os preços de combustíveis nos postos de gasolina de São Gabriel, quando foi mencionado que a emissora entrou em contato com o Sindicato Intermunicipal do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no Estado do Rio Grande do Sul (Sulpetro) e que a instituição não teria recebido nenhuma Notificação.
Ao longo de toda a entrevista, deixamos muito claro que as notificações foram expedidas para as EMPRESAS de gasolina. Não há razão alguma para o Procon notificar o Sindicato, que não tem sede no município e não é acusado de nenhuma infração ao Direito do Consumidor. No entanto, apesar de não existir motivação para a Sulpetro ser notificada, ela foi oficialmente comunicada, através do Ofício PROCON 002/2017, onde informamos sobre o procedimento de fiscalização para averiguar a possibilidade de ocorrência da prática abusiva prevista no artigo 39, incisos V e X, do CDC (Código de Defesa do Consumidor)
O Escritório Municipal de Defesa do Consumidor abriu um expediente de fiscalização DESDE JULHO, e segue trabalhando dentro da lei para defender o interesse da comunidade. Não somos pautados pelo critério da mídia, mas somente pelo interesse público. E vamos continuar trabalhando nesta direção.

Juliana Medeiros
Secretária Municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: