Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Liminar nacional paralisa atendimento de enfermeiros em atenção básica

Colégio Perpétuo Socorro, 110 anos de história a serviço da educação

Papelaria Saldanha agora em novo endereço

Vem aí a CVC em São Gabriel, a partir de 3 de junho

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça sua Pós-Graduação na Unopar

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Liminar nacional paralisa atendimento de enfermeiros em atenção básica


Uma liminar expedida pelo juiz federal Renato Borelli, da 20ª Vara da Justiça Federal de Brasília, altera o cotidiano dos profissionais de enfermagem na atenção básica de saúde pública. De acordo com a decisão judicial, ficam suspensos parcialmente os efeitos da Portaria n.º 2.488 de 21 de Outubro de 2011, que permitiam aos enfermeiros requisitar consultas e exames diretamente nos serviços de Atenção Básica e revalidar receitas médicas. Conforme a decisão judicial, estas atividades de diagnóstico são exclusivamente dos profissionais da área médica, e não poderão mais ser feitas por enfermeiros.




A decisão afeta também a prestação de serviços de atenção básica em São Gabriel. Conforme a coordenadora de enfermagem da Secretaria Municipal da Saúde, Aline Schroeder, por conta da liminar, os enferimeiros estão impedidos de realizar procedimentos que demandem requisição médica,  como nas coletas de citopatológico – CP, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, e também os testes de gravidez (BHCG urinário). 


“Diante desta decisão, estamos seguindo a orientação dos nossos conselhos de classe, e avisando a população. Enquanto esta liminar perdurar, essa será a nova orientação de trabalho para a Enfermagem. Esperamos que a situação seja definitivamente solucionada para haver a devida segurança jurídica, tanto para o trabalho do médico quanto do enfermeiro na saúde básica”, ressaltou. 

Reportagem: Comunicação Social Prefeitura
Data: 17/10/2017 15h30
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: