Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: PDT gabrielense repudia apoio nacional ao regime de Nicolás Maduro

volta as aulas perpétuo

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Volta às Aulas da Grazziotin, aproveite e parcele em até 10x no nosso cartão

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

PDT gabrielense repudia apoio nacional ao regime de Nicolás Maduro

Nota de contestação sobre decisão do PDT nacional foi enviada à imprensa pelo prefeito Rossano e a presidente Juliana, onde diretório municipal não concorda com o apoio ao Governo Maduro (foto arquivo C7)
O Diretório Nacional do PDT se alinhou a um apoio as ações do Governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, o que motivou uma manifestação de repúdio por parte do Diretório Municipal do PDT, por meio de nota enviada à imprensa nesta quinta-feira, 3 de agosto. Na ocasião, em nome da Executiva, tanto o Prefeito Rossano Gonçalves quanto a presidente municipal Juliana Medeiros contestaram a decisão nacional, afirmando que "trabalhismo e bolivarianismo não se misturam".



A nota diz que o apoio do PDT nacional, presidido por Carlos Lupi, não é condizente com a defesa de um regime que, neste momento, "mantém cativos líderes da oposição sem julgamento e usa da força bruta para reprimir manifestações, já com cerca de quinze mortos em pouco mais de cinco dias", pontua.

A manifestação ainda diz que a Carta de Lisboa, documento que regeu a criação do PDT, norteia pela defesa do estado democrático de direito. "O PDT não precisa e não deve seguir os equívocos de outros partidos de esquerda, e nem se comportar como mero caudatário das posições de outras siglas, seja no campo internacional ou no front interno. Tais posições envergonham os trabalhistas comprometidos com o futuro do Brasil como líder de uma América democrática, plural e solidária, onde todas as correntes de pensamento tenham vez e voz", finaliza a nota assinada por Rossano e Juliana.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 03/08/2017 17h28 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: