Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Justiça suspende processo licitatório para transporte público urbano e rural em São Gabriel

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - proteja-se de golpes

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Justiça suspende processo licitatório para transporte público urbano e rural em São Gabriel

Licitação para contratação emergencial de empresa para o transporte coletivo foi suspensa pela Justiça, por meio de liminar impetrada pela Coleurbanus e Expresso Batovi (foto arquivo C7)
A Justiça de São Gabriel concedeu liminar e suspendeu o processo licitatório para a contratação de novo sistema de transporte público urbano e rural, que vigoraria provisoriamente por 180 dias. A abertura dos envelopes com as propostas ocorreria nesta quinta-feira (10), mas a Justiça atendeu decisão liminar impetrada pelas empresas Coleurbanus e Expresso Batovi.

A decisão, exarada pelo Juiz de Direito Fábio Basaldúa Machado, suspende o processo e pede a anulação e revogação do Edital de Chamamento Público nº 006/2017 com a justificativa de que deveria haver condições adequadas para que ambas as empresas participassem da licitação e de que o processo estaria sendo "direcionado" em favor de uma empresa sediada na cidade de Bagé, que segundo denúncias, já teria veículos novos e adesivados com o brasão do município.

As empresas também alegam que não há fatores que justifiquem a emergencialidade da contratação temporária. Até o momento, o Executivo ainda não foi notificado da decisão, que deverá caber recurso.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 09/08/2017 17h30
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
1 Comentário(s)

Um comentário:

Unknown disse...

Vai continuar os caco velho em são Gabriel
Hoje ao meio dia um ônibus da linha cidade nova bom fim quebrou perto da ponte do vacacai no sentido bairro centro