Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Morador da Zona Sul pede socorro para tratamento de cachorro ferido

Prestigie o Jantar De Mãos Dadas, da Despertar e Voluntárias do Lar São João

Vem aí a Festa Junina da Pró-Down em São Gabriel. Participe!

	
Vem aí a semana do aniversário da Grazziotin. Confira as promoções

Inscreva-se para o Vestibular de Inverno da Urcamp - aproveite as oportunidades

Penha de Troca da Patronagem - CTG Plácido de Castro - 25 de maio

Prestigie a reinauguração da Cremolatto em novo endereço no Calçadão de São Gabriel

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça sua Pós-Graduação na Unopar

Jogue Limpo com a sua Cidade - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - Juntos geramos desenvolvimento para todos

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Participe das aulas de musicalização com as Tolerantes

Colégio Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Morador da Zona Sul pede socorro para tratamento de cachorro ferido

Totty e Edson socorreram o cachorro, que estava em situação delicada de saúde e gravemente ferido (fotos divulgação)
Um morador da Zona Sul da cidade pediu ajuda à redação para ajudar no socorro e tratamento de um cachorro encontrado gravemente ferido. O comerciário e músico Antônio Simões (Totty) nos informou que encontrou um cachorro no mato com vários ferimentos e fraturas, e pede ajuda para custear o tratamento, visto que tentou ajuda nas ONGs de proteção animal e não obteve retorno.


Ele informou que animal estava "todo quebrado" há dias e em situação precária de saúde
Ele chamou o veterinário Edson Ferreira, da Casa dos Animais, onde levaram o bichinho para tratamento. "Sei que é só um cachorro, mas tava todo quebrado, pedi durante duas horas ajuda para essas ONGs e porque não fui atendido?", lamenta. Totty pede ajuda para pagar o tratamento, se as entidades poderiam auxiliar no caso. "Chamei o médico por que ninguém ajudou quando precisei", afirma.

Para colaborar com o tratamento, as pessoas podem procurar a Casa dos Animais (ao lado da Escola Estadual Fernando Abbott) ou contatar pelo fone (55) 99972-1953. Se alguma das entidades de proteção quiser se manifestar sobre o caso, estamos à disposição, apenas atendemos a um apelo de um leitor aflito com uma situação que envolve um ser vivo.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 05/07/2017 18h59 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: