14 junho 2017

Sindicato dos Servidores reivindica paridade nos conselhos do IPRESG

Assembleia do Sindicato pediu paridade no IPRESG, maior questão de conflito com o Executivo Municipal (foto divulgação)
Entre os itens da pauta da Assembleia geral realizada no último dia 8 deste mês pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Gabriel, a entidade destaca a mais problemática – a representação da classe junto ao Instituto de Previdência, o IPRESG.  Os servidores debateram a legitimidade da formação dos conselhos e concordaram que as indicações feitas pelo prefeito Rossano Dotto Gonçalves não está em consonância com o estatuto do IPRESG. De acordo com o artigo Art. 26, da Lei 2879/2005, o conselho de administração será formado por cinco membros titulares e respectivos suplentes, sendo três membros designados pelo Poder Executivo e dois, pelos servidores.

Já o conselho fiscal deve ser formado por cinco membros titulares, três indicados pelos servidores e dois pelo Poder Executivo. Nesse contexto, O sindicato reclama a sua representatividade legítima frente à classe. “O Sindicato é a única representatividade legitimada por lei para representar os servidores”, enfatizaram os membros da diretoria.  O sindicato destaca ainda, que embora a atual diretoria do IPRESG tenha sido formada por estatutários, isso não justifica a negativa da administração em aceitar os nomes indicados pela entidade para compor os conselhos do IPRESG. A preocupação é com a tomada de decisões complexas, já que esse assunto envolve  cifras de milhões que vão interferir diretamente no futuro de centenas de  servidores, no que se refere à aposentadoria dos mesmos.

A entidade reafirma que se não tiver sua representatividade aceita nos conselhos de administração e fiscal do IPRESG, reivindicará judicialmente, o cumprimento legal do estatuto do Instituto de Previdência.

Reportagem: Sindicato dos Servidores Municipais 
Data: 14/06/2017 11h00 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.