Vem para o Natal da Tottal Casa & Conforto

Vem aí o Reveillon Gaudério no CTG Querência Xucra, com animação de Os Serranos, 29 de dezembro

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Confira os novos cursos na Unopar São Gabriel

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vem aí a Festa de Natal do EC Real, em 19 de dezembro

Prefeitura envia projeto da Reforma Administrativa à Câmara. Redução de cargos pode chegar a 35%

Com reforma administrativa, Prefeitura espera conseguir economia de R$ 1,8 milhões por ano. Projeto foi enviado esta semana à Câmara para votação
O Prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, protocolou junto à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei nº 71/2017, que institui a Reforma Administrativa do Executivo Municipal. O projeto visa a redução de Secretarias e a extinção de cargos em comissão e funções gratificadas e já está no Legislativo para apreciação dos vereadores.



Com o projeto, o número de CC’s (Cargos em Comissão) do Poder Executivo será diminuído de 259 para 192 cargos, numa redução de 35% do total. Além disso, o projeto formaliza a extinção de quatro secretarias municipais, enxugando a estrutura geral do governo e promovendo também uma economia para os cofres públicos.  Ao todo, o projeto consolida uma economia de R$ 1,8 milhão por ano.

Segundo o Prefeito, o projeto cumpre a promessa feita em campanha, onde foi reforçada a necessidade de redução da estrutura administrativa da Prefeitura para contenção de despesas.  “Quanto menos cargos, menor a distância entre o cidadão e o serviço público a ser prestado. Isso cria uma administração mais ágil, mais eficiente, mais econômica, e mais qualificada”, comentou. O projeto deverá cumprir as pautas da Câmara e ir à votação ao longo do mês de julho.

Na reforma, o Gabinete do Prefeito absorverá a Secretaria de Gestão e Relações Comunitárias; a Fazenda, a Secretaria de Compras, Materiais, Licitações e Serviços; as Secretarias de Viação de Transportes e Agricultura, fundidas para a criação da Secretaria de Desenvolvimento Rural; e as Secretarias de Turismo, Cultura, Desporto e Lazer, Indústria e Comércio, serão fundidas para a criação da Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura. A redução de CCs ficará em 35%.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/06/2017 15h53
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: