Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Silêncio: Sindicato dos Servidores Municipais acusa Prefeitura de ignorar pleitos dos servidores

volta as aulas perpétuo

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Volta às Aulas da Grazziotin, aproveite e parcele em até 10x no nosso cartão

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Conheça a KJ Contabilidade Consultiva e saiba mais como fazer contabilidade com eficiência

Silêncio: Sindicato dos Servidores Municipais acusa Prefeitura de ignorar pleitos dos servidores

Clima entre Sindicato e Prefeitura não é dos melhores, afirma entidade (fotos divulgação)
Cícero Trindade, presidente
Ofícios sem resposta, proposta de diálogo ignorada, assim tem agido a Administração Municipal de São Gabriel com relação aos seus servidores. O Sindicato da categoria nunca foi recebido pelo prefeito atual e não recebeu resposta positiva (nem negativa), de nenhuma das intervenções da entidade com propósito de dialogar com o prefeito.  As pautas são muitas e urgentes para a categoria, que é composta por cerca de 800 funcionários com salários básicos fixados abaixo do mínimo nacional.

IPRESG
A situação é ainda mais grave quando se trata do Instituto de Previdência dos Servidores (IPRESG). A Administração não respeitou a paridade na composição dos conselhos do IPRESG e não aceitou os nomes dos servidores indicados pelo Sindicato, sendo que este ato é previsto em lei. Por outro lado, questões como o parcelamento da dívida da prefeitura com o Instituto e a aprovação de aumento de gratificações para servidores indicados pelo prefeito para compor tais comissões, já  foram deliberadas.

 “A nossa maior preocupação no momento é a composição dos conselhos do IPRESG, é inadmissível que o os servidores não tenham dentro do seu próprio instituto de previdência, uma representatividade legítima, ou seja, de acordo com a lei, tendo entre os membros dos conselhos, servidores indicados pelo Sindicato que é a entidade legal para representá-los”, enfatiza o presidente da entidade, Cícero Trindade.

Diante de todas essas negativas, O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Gabriel informa que já tomou as medidas legais cabíveis, para reverter a situação.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/05/2017 14h26 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: