Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Papo Reto no Caderno7

Faça o seu UnimedCARD, menos de 30 centavos por dia!

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Prestigie em 10 de agosto, o Jantar-baile em homenagem aos pais no CTG Lenços Brancos do Bom Fim, com o cantor Baitaca

Vem aí o 2º Carnaval de Inverno do Bloco Sucessagem de Rosário do Sul - garanta sua camiseta!

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Gás Querência - promoção apenas 75 reais o botijão, no dinheiro

Papo Reto no Caderno7

João Pedro Lemos
Colunista do blog

Horta pode não matar a fome, mas ajuda a amenizar
Que isso não sirva para crítica a ninguém absolutamente, mas está na hora de buscarmos alternativas, especialmente na questão da fome e alimentação saudável. E com todo respeito, muitas dessas soluções estão perto de nós. Quando olhamos a quantidade de terrenos baldios, terra bem adubada em pátios acumulando lixo, detritos e restos de material, em algumas situações recicláveis, vê-se o quanto falta estímulo e educação para o aproveitamento de espaços para micro-produção. E nesse ponto São Gabriel tem espaço de sobra.



Hortas comunitárias seriam a solução para amenizar a fome, mas ideia precisa ser adotada pela comunidade
Não precisamos ir à região da serra para entendermos que a fome se soluciona com produção e nem precisa ser em grande escala, no Japão, por exemplo, planta-se em vasos, criam-se enormes espaços aéreos para isso. Ouve-se muito falar em sopão comunitário e olha que um sopão de legumes e verduras realmente alimenta e de forma saudável.

Os legumes e verduras basta plantar, pode-se comercializar uma parte para complementar com a aquisição do arroz ou macarrão e está feita alimentação. O Poder Público dispõe de meios para esse incentivo, técnicos da Emater, da Agricultura estão aptos para isso, desde que haja interesse das comunidades e do cidadão. As associações de bairro podem estimular, buscar meios para desenvolver essa cultura.

Não que isso solucione a fome em si, mas auxilia no combate com uma alimentação saudável. Dá trabalho, dá sim, mas nenhuma solução ou que amenize algum problema vem sem trabalho.

Minha sugestão: tem pátio? Plante uma horta, plante árvores frutíferas, estarás ajudando a natureza, melhorando sua alimentação, ocupando o tempo com uma atividade cujo resultado poderá beneficiar muitas pessoas e mesmo que tenhas uma situação financeira razoável, estarás economizando nas verduras e legumes. Aproveite a mãe terra te dá todas as possibilidades, aproveite, ainda que as mínimas. Uma boa semana a todos.
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: