Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: EC São Gabriel expõe situação econômica: se não tiver apoio, clube pode fechar as portas

volta as aulas perpétuo

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Volta às Aulas da Grazziotin, aproveite e parcele em até 10x no nosso cartão

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Pague o IPTU em cota única e ganhe descontos! Até 11 de fevereiro

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

EC São Gabriel expõe situação econômica: se não tiver apoio, clube pode fechar as portas

Roque Hermes expôs situação do clube em coletiva no final da tarde desta segunda-feira, no Estádio Municipal
No final da tarde desta segunda-feira (27), o Presidente do Esporte Clube São Gabriel, Roque Oscar Hermes, convocou a imprensa para uma coletiva onde apresentou a situação financeira do clube. E foi taxativo: se o empresariado local não apoiar o time, a possibilidade de fechar as portas é grande. De um orçamento total de 300 mil, o time caiu para 62 mil com a perda de patrocinadores. Ao mesmo tempo, Hermes anunciou mudanças, mas o técnico Círio Quadros segue no cargo.



"Isso pode acontecer antes do final da competição se o empresariado não se conscientizar e nos apoiar. É uma situação calamitosa, triste, mas a verdade tem que ser dita", falou Roque Hermes. Se vier a acontecer o fechamento das atividades durante o campeonato, o time é rebaixado pela Federação Gaúcha de Futebol e fica afastado das competições por dois anos. "Se a gente chega a ser rebaixado, vamos levar dez anos para subir novamente", alertou.

Hermes ainda questionou que "como uma cidade como São Gabriel, que tem um grande orçamento, um PIB que se destaca no agronegócio, tem muitas empresas e elas não apoiam o clube, não nos patrocinam?", dizendo ainda que os recursos andam muito escassos. Sobre um aporte de 50 mil que o Legislativo teria se proposto a repassar, ele disse que está em negociação.

Sobre mudanças no elenco, o Presidente disse que até cinco jogadores deverão ser dispensados porque não corresponderam, além do preparador físico, Roger Burguetz, que deverá ser substituído. Mas ele confirmou que o técnico Círio Quadros continua e que um reforço será a volta de Carlão, que estava em Minas Gerais, jogou duas temporadas pelo clube e se apresentará nesta semana.


"Deixamos claro a situação do time. Querem futebol, mas não apoiam, tá na hora do empresariado nos ajudar para manter o futebol profissional na terra, pelo amor de Deus", finalizou Roque. O próximo compromisso do time será no domingo, 2 de abril, contra o Aimoré, em São Leopoldo.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/03/2017 23h00 
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: