Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Presídio de São Gabriel é destacado pelo presidente estadual da OAB como exemplo de ressocialização

Dias 31/01, 1º e 2/02 - 2ª Festa da Cordeira e 1º Cordeiraço da Canção Nativa em Santa Margarida do Sul - prestigie!

Dia 1º de fevereiro, 9º Baile de Integração das Comunidades do Interior, nas Pontas do Salso

22-02-2020 Prestigie o Carnaval da Despertar, na Seven! Baile com Tudo di Bom. Clique aqui para mais info

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Dotto Advocacia - Cível, criminal, trabalhista, trânsito - clique aqui para entrar no site

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Pague o IPTU 2020 em São Gabriel e tenha descontos até 10 de fevereiro!

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Inscreva-se no Valor S do Sicredi Pampa Gaúcho

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Presídio de São Gabriel é destacado pelo presidente estadual da OAB como exemplo de ressocialização

Presídio Estadual de São Gabriel foi citado como exemplo de trabalho com presos, com pouca gente e atividades de ressocialização, ocupação útil de presos e integração com famílias, pelo Presidente Estadual da OAB (foto arquivo C7)
A Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e Ministra do Supremo, Carmem Lúcia, fez uma visita surpresa ao Presídio Central nesta sexta-feira (18), em Porto Alegre. Ela realizou a ação para verificar de perto a triste realidade do sistema prisional brasileiro e do Rio Grande do Sul. Mas uma luz no fim do túnel existe nesta situação. O Presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ricardo Breier, citou o exemplo de efetividade do Presídio Estadual de São Gabriel, segundo Samantha Klein, da Rádio Guaíba.



Carmem Lúcia classificou o Presídio Central, que recebe 4,8 mil detentos em um local que deveria comportar apenas 1,5 mil pessoas, como "precaríssimo" e com condições físicas insalubres. “As condições físicas são precaríssimas. Há um número excessivo de pessoas. Assim é impossível cumprir as normativas do STF quanto à dignidades das pessoas. Alguns relataram que não têm sequer espaço para deitar no chão e dormir”, relatou.

Durante audiência, ela ouviu sugestões a serem encaminhadas ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), onde ela é presidente. Entre as medidas sugeridas estão programas de educação dentro das cadeias e ações para evitar a reincidência, além de combate à dependência química.

A construção de penitenciárias menores na região Metropolitana e em cidades do interior do Estado também pode ser uma solução, defende o presidente da seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil, Ricardo Breier. Nisso, o dirigente citou como exemplo o Presídio local. “Até 200 detentos é o ideal. Chama a atenção a efetividade do presídio de São Gabriel com oficinas, planos de educação e interação muito forte com as famílias dos presos. O resultado é um índice baixo de reincidência, cerca de 5%, enquanto no Central a taxa é altíssima”, comparou.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 18/11/2016 20h41
Contato: (55) 3232-3766 / 96045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: